VOCÊ FAZ O SUCESSO

VOCÊ FAZ O SUCESSO

WEB RÁDIO NOVA XUCURU 'AO VIVO' - Acesse: www.novaxucuru.com - OUÇA TAMBÉM NO CELULAR OU TABLET

BAIXE O APLICATIVO RADIOSNET E OUÇA A NOVA XUCURU EM TODO LUGAR; CLIQUE NA FOTO ABAIXO E SAIBA MAIS

sábado, 28 de fevereiro de 2015

FERNANDO BEZERRA, O ARTICULADOR

Com informações do Blog do Magno Martins -

Desde que se elegeu em outubro do ano passado, o senador Fernando Bezerra Coelho (PSB) tem se dedicado integralmente à pauta de político vocacionado: fazer articulações. Tanto no plano local, onde tem projeto para disputar o Governo do Estado em 2018, quanto na esfera nacional, onde tem ajudado o seu partido a atrair quadros para as eleições do próximo ano nas capitais.

Na quarta-feira, Fernando foi mais além e conversou até com o ex-presidente Lula, sob o pretexto de tratar de questões nacionais, mas a conversa derivou também – e muito – para Pernambuco. “Lula gostou bastante do encontro que teve com o governador Paulo Câmara e quer fazer uma agenda no Estado”, disse o senador, em entrevista, ontem, ao Frente a Frente.

Na capital paulista, o senador participou do encontro com a senadora Marta Suplicy (PT), articulado pelo vice-governador de São Paulo, Márcio França. A ideia é convencer Marta a se transferir do PT para o PSB com a garantia da legenda socialista de que será candidata à prefeita. O PT já tem candidato. É o prefeito Fernando Haddad, que disputa à reeleição.

Insatisfeita com a falta de espaço na legenda petista, a senadora pode se filiar ao PSB. Outra senadora que o PSB vem flertando nesta mesma direção é Lúcia Vânia, do PSDB de Goiás. Se aceitar o convite de para trocar a legenda tucana pela socialista, Vânia pode ser candidata à prefeita de Goiânia.

Quanto ao encontro com Lula, Fernando disse que tratou muito mais da crise nacional. Ao senador, o ex-presidente disse que Dilma precisa explicar melhor os motivos do ajuste. “A vida não se encerra com eles, que é preciso falar de futuro", disse o senador.

Fernando apresentou a Lula um quadro pouco amistoso no Congresso ao governo Dilma. "Chamei a atenção de que o quadro político é de muita preocupação dentro do Congresso com contorno na questão política. É preciso conversar mais, dar uma desanuviada no clima tencionado desde a disputa da Mesa Diretora do Senado", afirmou.

Segundo ele, apesar de defender a ampliação do diálogo e da aproximação com o presidente Lula, não houve discussão sobre a possibilidade de o PSB retornar à base aliada. "Vamos permanecer na situação de independência ao governo. Mas disse a ele que o partido vai apoiar as propostas ", afirmou o senador.

DIVÓRCIO– Na conversa de Lula com os senadores Renan Calheiros e Eunício Oliveira, além do ex-senador José Sarney, na última quarta-feira, o ex-presidente ficou com a impressão de que está chegando ao fim a coalizão do PMDB com o PT.  “Não tem mais agenda nem há quem sinalize quais são os próximos passos”, vazou um dos senadores. Mas Lula não avançou o sinal em direção a 2018, para não atrapalhar o Governo Dilma.

Acredite se quiser! – Numa recente reunião na casa do presidente do PP, senador Ciro Nogueira (PI), em Brasília, o ministro da Fazenda, Joaquim Levy, citou um caso que deixou a plateia de cabelo em pé: um jovem de 20 anos que teria casado com uma senhora de 80 anos para receber a pensão pela sua morte.

Regalia contestada – O Ministério Público Federal vai investigar a existência de malversação de dinheiro público na concessão de passagens aéreas para as esposas e maridos dos deputados federais, restrito a parlamentares e assessores. De acordo com o procurador da República no Distrito Federal, Frederico Paiva, a utilização do benefício equivale a bancar interesses particulares com verbas públicas.

Efeito cascata-1– Um dia após a Câmara aprovar um pacotão de reajuste no valor dos benefícios dos deputados federais, a Assembleia Legislativa do Paraná decidiu seguir o mesmo caminho. Não está definido o percentual, mas caso os índices sejam os mesmos aplicados em Brasília, o custo será de quase R$ 11 milhões a mais por ano aos cofres públicos paranaenses, que passam por graves dificuldades financeiras.

Efeito cascata-2– No caso da Assembleia Legislativa de Pernambuco, os deputados poderão ter mais dinheiro, a partir de abril, para gastar na contratação de assessores comissionados e nos gastos para custear o mandato – com combustível, telefone, alimentação. A discussão deve entrar na pauta da reunião da mesa-diretora da Casa agendada para a próxima terça-feira.

CURTAS

ENTRAVE– Em Araripina, principal município do Sertão do Araripe, com 78 mil habitantes, a 690 km do Recife, a justiça estagnou de vez. Só há um juiz na comarca, que trabalha apenas dois dias por semana, contribuindo para empilhar ainda mais os processos em tramitação.

JULGAMENTO– Será no dia 14 de abril, a partir das 8 horas, o júri popular referente ao homicídio do advogado Manoel Mattos. O homicídio ocorreu no dia 24 de janeiro de 2009, na praia Azul, em Pitimbu, na Paraíba. Na próxima segunda, às 14 horas, será realizado o sorteio dos jurados.

Perguntar não ofende: Janot, procurador da República, libera quando os nomes dos políticos envolvidos na operação Lava Jato?

NOVA REGRA DO SEGURO-DESEMPREGO VALE PARA DEMITIDOS A PARTIR DESTE SÁBADO

Com informações do G1 -

A nova regra do seguro-desemprego começa a valer para quem for demitido a partir deste sábado (28), segundo informou o Ministério do Trabalho. Portanto, as mudanças valerão para esses trabalhadores que darão entrada no pedido a partir desta segunda-feira (1º).

"A vigência da Medida Provisória [que estabelece as novas regras] começará 60 dias a partir da data da publicação. Sendo assim, as novas regras incidirão nos trabalhadores demitidos a partir do dia 28 de fevereiro de 2015", diz o Ministério do Trabalho.

Com as mudanças, o trabalhador que solicitar o benefício pela primeira vez deverá ter trabalhado por 18 meses nos 24 meses anteriores.

De acordo com as novas regras, na segunda solicitação do benefício, ele terá de ter trabalhado por 12 meses nos 16 meses anteriores e, a partir da terceira solicitação, terá de ter trabalhado, pelo menos, por seis meses ininterruptos nos 16 meses anteriores.

De acordo com o Ministério da Fazenda, na primeira solicitação, o trabalhador poderá receber quatro parcelas se tiver trabalhado entre 18 e 23 meses nos 36 meses anteriores. Poderá receber cinco parcelas se tiver trabalhado a partir de 24 meses nos 36 meses anteriores. Já na segunda solicitação, ele poderá receber quatro pardelas se tiver trabalhado entre 12 e 24 meses nos 36 meses anteriores.

A partir da terceira solicitação do seguro-desemprego, vale a regra anterior, que prevê o recebimento de três parcelas para quem trabalhou entre 6 e 11 meses nos 36 meses anteriores. Para receber quatro parcelas do seguro-desemprego, ele terá de ter trabalhado entre 12 e 23 meses nos 36 meses anteriores e, para receber cinco parcelas, terá de ter trabalhado por, pelo menos, 24 meses nos 36 meses anteriores.

Outras mudanças
Também começa a valer em março um novo cálculo que reduzirá o valor da pensão por morte (do patamar de 100% do salário de benefício para 50% mais 10% por dependente até o limite de 100% e com o fim da reversão da cota individual de 10%).

Outra mudança é a vitaliciedade do benefício. Cônjuges “jovens” não receberão mais pensão pelo resto da vida. Pelas novas regras, o valor será vitalício para pessoas com até 35 anos de expectativa de vida – atualmente quem tem 44 anos ou mais. A partir desse limite, a duração do benefício dependerá da expectativa de sobrevida.

Desse modo, o beneficiário que tiver entre 39 e 43 anos receberá pensão por 15 anos. Quem tiver idade entre 33 e 38 anos obterá o valor por 12 anos. O cônjuge com 28 a 32 anos terá pensão por nove anos. Quem tiver entre 22 e 27 anos receberá por seis anos. E o cônjuge com 21 anos ou menos receberá pensão por apenas três anos.

Já entrou em vigor no dia 14 de fevereiro uma das novas regras anunciadas pelo governo para a pensão por morte. Com a mudança, só tem direito ao benefício quem conta com pelo menos dois anos de casamento ou união estável. A legislação anterior não estabelecia um prazo mínimo para a união.

As mudanças na pensão por morte fazem parte de um pacote de medidas provisórias anunciadas pelo governo no final do ano passado para tornar mais rigoroso o acesso da população a uma série de benefícios previdenciários. As mudanças não afetam quem já recebe o benefício.

Já no dia 30 de dezembro, entrou em vigor a alteração que estabelece que deixa de ter à pensão o dependente condenado pela prática de crime que tenha resultado na morte do segurado.

ARMANDO DIZ QUE "PESSIMISTAS IRÃO PERDER"

Com informações do PE247 -

O ministro do Desenvolvimento, Indústria e Comércio Exterior, Armando Monteiro Neto (PTB), disse estar seguro que o Brasil verá em breve a retomada do ciclo de crescimento da economia. "Estamos reequilibrando a economia para que o Brasil retome o crescimento e isso vai acontecer logo, eu estou seguro", afirmou. Otimista, ele também disse que "os pessimistas no Brasil estão condenados a perder".

A declaração do ministro foi feita na noite desta quinta-feira (26), durante sua passagem por Petrolina, no Sertão pernambucano, quando participou da cerimônia de doação de um terreno para a implantação de uma empresa de call center que irá gerar 3 mil empregos.

Segundo Armando, "o nosso Brasil é muito maior do que qualquer dificuldade que se apresente. Algumas vozes ficam insistindo em querer impregnar um clima de pessimismo e de desalento no Brasil. Mas eu costumo dizer que os pessimistas no Brasil estão condenados a perder", destacou.

sexta-feira, 27 de fevereiro de 2015

AUMENTOS NA ENERGIA SÃO PASSAGEIROS, DIZ DILMA

Com informações da Agência Brasil -

A presidente Dilma Rousseff disse hoje (27) que o aumento nos preços da energia elétrica é passageiro e motivado pelo período de seca que o país enfrenta. Segundo ela, a substituição das formas de produção de energia em momentos de estiagem, das usinas hidrelétricas para as térmicas ou biomassa, faz com que seja necessário arcar com as despesas das matérias-primas..

“Você só vai a energia térmica, que é mais cara, quando precisar. Nós estamos precisando. Os aumentos nos preços da energia são passageiros, estão [sendo aplicados] em função do fato de que o país enfrenta a maior falta de água dos últimos 100 anos”, justificou. De acordo com a presidenta, a produção de energia hidrelétrica é mais barata, porque não é necessário pagar pela água, diferentemente de itens como o gás, carvão ou biomassa.

Dilma deu as declarações em Santa Vitória do Palmar, no Rio Grande do Sul, durante a inauguração do Parque Eólico Geribatu, que vai ser capaz de produzir 250 megawatt de energia. Ela disse que as consequências da seca não significam que o país vai ter qualquer problema sério ou mais sério na área de energia elétrica. "Não iremos ter, porque temos todo um sistema de segurança. Isso também não significa que vamos sair por aí jogando energia pela janela e não consumindo de forma racional.”

Para a presidenta, a parte do governo é garantir a oferta de energia. Em contrapartida, os cidadãos também têm que colaborar evitando o desperdício. “Desperdício zero. Diversificação da matriz mais desperdício zero é a garantia de segurança do país”, afirmou Dilma, antes de citar exemplos: “Não tem por que a geladeira ficar aberta se você não está usando, nem deixar o chuveiro ligado quando não está usando. Não tem por que a gente jogar fora a energia que custa tanto produzir.”

O Parque Eólico Geribatu atenderá o consumo energético de 1,5 milhão de habitantes. Junto com os sistemas de transmissão, foram investidos no parque R$ 2,1 bilhões em recursos públicos e privados. Ao lado dos parques de Chuí e Hermenegildo, compõe o Complexo Eólico Campos Neutrais, o maior da América Latina.

VEREADOR CLAUDEMIR RECEBE COMEMORAÇÃO SURPRESA NO SEU ANIVERSÁRIO

Nesta sexta-feira (27), o Vereador Claudemir Paulino, representante de Xucuru na câmara municipal de Belo Jardim, completou mais um ano de vida, e familiares, amigos e correligionários prepararam uma comemoração surpresa para o parlamentar que tem ajudado o desenvolvimento do distrito, da melhor maneira possível.

A comemoração ocorreu na propriedade rural do vereador, próximo à chegada de Xucuru, com presença de várias pessoas que foram felicitar Claudemir, pela passagem de mais um de vida que o mesmo vivenciou nesta sexta-feira. Foi um momento de muita alegria com um simbólico jantar, além do tradicional bolo, em clima de bastante harmonia.

Longa vida e saúde para o atual e um dos melhores líderes políticos que Xucuru já teve nos últimos tempos, sempre buscando fazer o melhor pela terra que ele escolheu para viver sua vida, ao construir família com gente da própria comunidade.





PERNAMBUCO TERÁ AUMENTO NA CONTA DE LUZ A PARTIR DE MARÇO

Com informações do JC ONLINE -

A partir da próxima segunda-feira (2), a conta de luz vai ficar mais cara para os consumidores pernambucanos. A revisão tarifária extraordinária para essas empresas foi aprovada hoje (27) pela Agência Nacional de Energia Elétrica (Aneel), e a Celpe vai sofrer um reajuste de 2,2%.

Os maiores aumentos serão para as distribuidoras AES Sul (39,5%), Bragantina (38,5%), Uhenpal (36,8%) e Copel (36,4%).

A distribuidora CEA, do Amapá, não solicitou a revisão tarifária. Já as empresas Amazonas Energia (AM), Boa Vista Energia e CERR (RR) não terão revisão tarifária porque não participam do rateio da Conta de Desenvolvimento Energético (CDE) e não estão no Sistema Interligado Nacional. A Ampla (RJ) também não passou pela revisão, porque seu processo tarifário ocorre em 15 de março, quando todos os efeitos serão considerados.

Os impactos da revisão serão diferentes conforme a região da distribuidora. Para as concessionárias das regiões Sul, Sudeste e Centro-Oeste o impacto médio será de 28,7% e para as distribuidoras que atuam nas regiões Norte e Nordeste, de 5,5%. A diferença ocorre principalmente por causa do orçamento da CDE e da compra de energia proveniente de Itaipu.

Também começa a valer na semana que vem os novos valores para as bandeiras tarifárias, que permite a cobrança de um valor extra na conta de luz, de acordo com o custo de geração de energia. Além da revisão extraordinária, as distribuidoras também passarão neste ano pelos reajustes anuais, que variam de acordo com a data de aniversário da concessão.

Segundo a Aneel, a revisão leva em consideração diversos fatores, como o orçamento da CDE deste ano, o aumento dos custos com a compra de energia da Usina de Itaipu - por causa da falta de chuvas -, o resultado do último leilão de ajuste – que aumentou a exposição das distribuidoras ao mercado livre – e o ingresso de novas cotas de energia hidrelétrica. “No ano passado e este ano, o custo da energia elétrica tem sido realmente alto, porque o regime hidrológico não está favorável, temos despachado todas as térmicas, que têm um custo mais alto”, explicou o diretor-geral da Aneel, Romeu Rufino.

A revisão extraordinária está prevista nos contratos de concessão das distribuidoras, e permite que a Aneel revise as tarifas para manter o equilíbrio econômico e financeiro do contrato, quando forem registradas alterações significativas nos custos da distribuidora, como, por exemplo, modificações de tarifas de compra de energia, encargos setoriais e de uso das redes elétricas. Na tarde de hoje, a Aneel também aprovou o orçamento da CDE para este ano, que prevê repasse de R$ 22 bilhões para a conta dos consumidores de energia.

Entre dezembro de 2014 e fevereiro de 2015, várias empresas solicitaram a revisão extraordinária, por causa da falta de chuvas e a maior necessidade de compra de energia de termelétricas, que é mais cara.

Veja abaixo os percentuais de reajuste por distribuidora:

Celpe 2,20%

Cosern 2,80%

Cemar 3,00%

Cepisa 3,20%

Celpa 3,60%

Energisa PB 3,80%

Celtins 4,50%

Ceal 4,70%

Coelba 5,40%

Energisa Borborema 5,70%

Sulgipe 7,50%

Energisa SE 8,00%

CPFL Sta Cruz 9,20%

Coelce 10,30%

Mococa 16,20%

Ceron 16,90%

CPEE 19,10%

João Cesa 19,80%

Cooperaliança 20,50%

Eletroacre 21,00%

Santamaria 21,00%

Chesp 21,30%

CSPE 21,30%

CEEE 21,90%

Light 22,50%

CJE 22,80%

Ienergia 23,90%

CEB 24,10%

Elektro 24,20%

Celesc 24,80%

Bandeirante 24,90%

ENF 26,00%

Escelsa 26,30%

Cemat 26,80%

Energisa MG 26,90%

Eflul 27,00%

Eletrocar 27,20%

Celg 27,50%

DME-PC 27,60%

Enersul 27,90%

Cemig 28,80%

CPFL Piratininga 29,20%

EDEVP 29,40%

CPFL Paulista 31,80%

Hidropan 31,80%

CFLO 31,90%

Eletropaulo 31,90%

Forcel 32,20%

Caiua 32,40%

Demei 33,70%

Muxfeldt 34,30%

Cocel 34,60%

CNEE 35,20%

RGE 35,50%

Copel 36,40%

Uhenpal 36,80%

Bragantina 38,50%

AES Sul   39,50%

CAIXA SUSPENDE NOVOS CONTRATOS DO PROGRAMA MINHA CASA MELHOR

Com informações do NE10 -

A Caixa Econômica Federal confirmou a suspensão do Programa Minha Casa Melhor, que facilita a compra de móveis e eletrodomésticos. O banco informou que novas contratações estão sendo discutidas para uma outra fase do programa, mas não informou detalhes nem prazos. Para os beneficiários que já têm cartão referente a contratos em vigor não haverá mudanças.

Lançado em 2013, o programa facilita a aquisição de bens conforme as necessidades das famílias inscritas no Minha Casa, Minha Vida. A Caixa oferece a cada beneficiário do programa habitacional do governo crédito subsidiado de até R$ 5 mil para compra de móveis e eletrodomésticos, a juros de 5% ao ano e prazo de 48 meses para pagamento.

“Novas contratações do Minha Casa Melhor estão sendo discutidas no âmbito do programa Minha Casa Minha Vida fase 3. Os cartões referentes a contratos já realizados continuam operando normalmente”, destaca a Caixa em nota.

SEMANA INTERNACIONAL DA MULHER EM BELO JARDIM

Com informações de Educação Belo Jardim -

Em comemoração ao Dia Internacional da Mulher, celebrado no próximo dia 08 de Março, as Escolas da Rede Municipal, em parceria com a Secretaria Especial da Mulher, estarão participando de palestras temáticas da Violência Contra Mulher, realizadas na Unidade de Ensino por Educadores, Psicólogos e Advogados, e aberta para participação dos Pais e/ou responsáveis.

A Secretaria Municipal de Educação, também estende o convite para participação das Escolas da Rede Municipal de Ensino na Caminhada da Mulher, que acontecerá na próxima Sexta-feira (06/03), com saída da Praça da Conceição a partir das 08h00 até a Av. Deputado José Mendonça Bezerra.

Confira a Programação das Palestras nas Escolas Municipais:

* 03/03 - Terça-feira 
Temas: Violência Contra Mulher / Tecnologia e Exposição do Corpo.

- 08h00 - Centro de Excelência Municipal Professor José Vieira da Costa; 
- 20h00 - Centro Comunitário Municipal Castelinho.

*04/03 – Quarta-feira
Temas: Violência Contra Mulher / Prevenção, Saúde e Qualidade de Vida.

- 08h00 - Escola Municipal Dr. Sebastião Cabral;
- 08h00 - Escola Municipal Prof. Antenor Vieira de Mello.

Contamos com a Participação de Todos!

POR QUE DILMA NÃO RECEBE OS GOVERNADORES?

Com informações do Blog de Inaldo Sampaio -

Logo que assumiu o Governo do Estado, o governador Paulo Câmara pediu uma audiência a Dilma Rousseff para entregar-lhe um relatório sobre as questões de Pernambuco. Ele sabe, por já ter sido secretário de Administração e da Fazenda, que audiências com ministros de estado não resolvem o problema. Ministro geralmente recebe bem, como fez anteontem Antônio Carlos Rodrigues (transportes) com Sebastião Oliveira. Mas tem autonomia limitada para autorizar grandes projetos. 

Se Dilma fosse menos (politicamente falando) ignorante, marcaria de imediato essa audiência não apenas para Paulo Câmara, mas para o bloco dos governadores nordestinos tal qual está propondo o paraibano Ricardo Coutinho. Seria uma forma de explicar aos governadores a lógica do pacote econômico que enviou ao Congresso e de dividir os holofotes com a Operação lava Jato. Mas parece que ela gosta mesmo é do isolamento no Palácio do Planalto.

A desintegração do Pacto

A Polícia Civil contabilizou, só este ano, 199 assassinatos na área metropolitana do Recife. É uma guerra civil não declarada que o “Pacto pela Vida” não consegue mais conter. Aliás, o “Pacto” só deu certo durante o governo Eduardo Campos porque o governador tinha coragem e paciência para passar 10 horas numa sala de monitoramento, a cada 30 dias, pedindo explicações a coronéis e a delegados de polícia sobre a execução da sua política antiviolência.

Tucano – André Régis, vereador e presidente do PSDB do Recife, garante que o partido terá candidato próprio à prefeitura, no próximo ano, apesar de a vereadora Aline Mariano estar deixando a oposição para assumir uma pasta no governo Geraldo Júlio (PSB). Só que a decisão de ter ou não ter candidato em 2016 não será da direção municipal, e sim do senador Aécio Neves.

Sucessão – O PSB nunca elegeu ninguém dos seus quadros para a prefeitura de Nazaré da Mata, mas vai tentar em 2016 com Eliane Rodrigues, 2º suplente do senador Fernando Bezerra (PSB).

Fiscal – Só fiscalizando a Arena da Copa, o presídio de Itaquitinga e a PPP da Compesa, Romário Dias (PTB) avalia que terá “assunto de sobra” para fazer oposição a Paulo Câmara.

Recuo – O senador José Agripino (DEM-RN) não fez o discurso que prometera para negar seu suposto envolvimento no escândalo do Detran-RN. E pode ser o próximo Demóstenes Torres.

Justiça – Alguns procuradores da Alepe estão convencidos de que a Ação Civil Pública não é o remédio certo para anular a eleição de Guilherme Uchoa à presidência da Casa. O caminho, dizem eles, seria um questionamento de algum dos 42 deputados que não estão na mesa diretora.

Renúncia – O deputado Raul Jungmann (PPS) divulgou “nota oficial” dizendo que não aceitará passagem da Câmara para viagens de sua companheira ou dos seus filhos. O senador Antônio Reguffe (PDT-DF) abriu mão do carro oficial e da verba de gabinete, mas sem dar publicidade ao fato.

Presente 1 – Por ter dado a Paulo Câmara o maior percentual de votos da área metropolitana, o prefeito de Camaragibe, Jorge Alexandre (PSDB), será devidamente recompensado com uma UPA Especialidades e a conclusão das cinco estações de BRTs que estão inacabadas. E da iniciativa privada já ganhou o “CamaraShopping” com 290 lojas, das quais 70% já foram comercializadas.

Presente 2 – Por ter atraído para sua cidade, nos últimos dois anos, uma cervejaria da Ambev e outra do grupo Itaipava, o prefeito Cal Volia (PSDB), de Itapissuma, já tem receita suficiente para atravessar esse ano de crise. Mas graças à presença da Fiat na vizinha Goiana, Itapissuma será contemplada com 23 novas indústrias. É receita para prefeito nenhum botar defeito num município de 30 mil almas.

QUEM PAGA É O CONTRIBUINTE

Com informações do Blog do Magno Martins -

No seu primeiro ato vergonhoso, o presidente da Câmara dos Deputados, Eduardo Cunha (PMDB-RJ), aumentou todas as despesas com parlamentares, incluindo verba de gabinete – usada para pagar funcionários –, auxílio-moradia e cota parlamentar, que inclui gastos com passagens aéreas e conta telefônica.

Além do reajuste dos benefícios, esposas de deputados passarão a ter o direito de utilizar a cota de passagens aéreas dos deputados, desde que seja exclusivamente entre Brasília e o estado de origem. Como o reajuste será a partir de abril, neste ano representará impacto de cerca de R$ 110 milhões. No entanto, a partir de 2016, a despesa extra será da ordem de R$ 150 milhões por ano.

Na maior cara de pau, Cunha diz que se trata de um reajuste inflacionário, mas que serão feitos cortes na mesma proporção para que o impacto seja “zero” nos cofres da Casa. “Aceitamos a correção da inflação mediante o corte de gastos. O efeito será nulo, zero de despesa”, afirmou.

Segundo ele, os cortes serão feitos em atividades-meio, como contratos de informática e compra de equipamentos. “Faremos no tamanho da correção”, explicou. Não vai haver economia de nada nem aumento de nada. Será o mesmo Orçamento com a mesma despesa total", completou.

Cunha garante que faz apenas a correção inflacionária, não dando aumento. “Não estou aumentando verba, mas corrigindo pela inflação a verba, que é o salário dos funcionários dos gabinetes”, disse. A verba de gabinete, usada para pagar funcionários, foi reajustada em 18,01% com base no IPCA desde julho de 2012, e passará de R$ 78 mil por mês para R$ 92 mil. Cada parlamentar pode contratar até 25 pessoas.

O impacto anual será de R$ 129 milhões. A cota parlamentar destinada, entre outros gastos, para o custeio de passagens aéreas e transporte, será reajustada em 8,72% (correspondentes à variação do IPCA de dezembro de 2013 a janeiro de 2015), o que representará um impacto adicional de 19,9 milhões por ano.

O valor da cota varia conforme o estado de origem do deputado. O maior valor é pago a deputados de Roraima, hoje em R$ 41 mil por mês. O menor valor é dado a deputados do Distrito Federal, cerca de R$ 27 mil. O dinheiro também é usado para despesas com telefone e correio.

Mais vergonhoso ainda é a verba para comprar passagem aérea para cônjuges, atendendo à reivindicação de mulheres de parlamentares. O recurso só poderá ser usado quando o itinerário for entre Brasília e o estado de origem. A Direção-Geral da Câmara informou que o critério para liberar a passagem para o cônjuge será a comprovação do casamento ou de união estável reconhecida em cartório.

“Não é acréscimo da cota. É o valor exato da cota podendo utilizar o cônjuge de cada parlamentar única e exclusivamente no destino estado-Brasília, nada mais do que isso”, afirmou Cunha. Acredite se quiser!

DEDO LULISTA – A passagem do ex-presidente Lula por Brasília resultou numa operação política do governo e do PT. A fase de enfrentar os aliados, depois da intervenção lulista, já está superada. O objetivo é atrair a maioria do PMDB, partido mais rebelde. A Casa Civil está mapeando o que os aliados querem. O presidente da Câmara, Eduardo Cunha, foi retirado da lista de excluídos do Planalto e será tratado a pão de ló.

Caindo fora – Ao ser procurado, ontem, para falar sobre a concessão de passagens aéreas para as esposas dos deputados federais, o vice-líder do Governo na Câmara, Sílvio Costa (PSC), driblou jornalistas e depois, recorrendo às regras do velho jogo de dominó, avisou, de forma bem-humorada: “Toquei”. 

Recado e tensão – O programa do PMDB, ontem, em rede nacional de rádio e televisão, sem fazer uma única referência à presidente Dilma, foi interpretado como sinal de que o partido pode ser o primeiro a apoiar o processo de impeachment. Já a base governista avaliou como um recado de que a legenda rompeu, enfim, a dependência histórica com o PT e terá candidato próprio a presidente em 2018.

Visão de Lula – Na conversa com a bancada do PMDB no Congresso, o ex-presidente Lula teria dito que é necessário que Dilma tenha uma postura firme de maneira a assegurar uma retomada da confiança nos rumos do País. Comentou que o embate travado por conta dos ataques sofridos pelo governo nas mídias sociais não deve ficar sem contraponto, sob o risco de perder a batalha.

Interlocutor socialista – Com a morte do ex-governador Eduardo Campos, o principal interlocutor do PSB no plano nacional passou a ser o senador Fernando Bezerra Coelho, vice-presidente da legenda. Foi a ele que Lula recorreu em Brasília e após o encontro embarcou para São Paulo com a intenção de atrair a senadora Marta Suplicy, que está insatisfeita no PT, para disputar a Prefeitura da capital pelo PSB.

CURTAS

EMPREGOS – O ministro do Desenvolvimento, Armando Monteiro, deu uma boa notícia, ontem, na sua passagem por Petrolina: a instalação de um Call Center na cidade com a capacidade de gerar de imediato cerca de três mil empregos diretos.

ASSOCIAÇÃO – O prefeito de Serra Talhada, Luciano Duque (PT), foi eleito, ontem, em Brasília, secretário-geral do Conselho Deliberativo da Associação Brasileira dos Municípios (ABM), associação civil sem fins lucrativos, que trabalha pelo fortalecimento dos municípios.

Perguntar não ofende: Além de Marta Suplicy, quem deve mais embarcar no PSB?

quinta-feira, 26 de fevereiro de 2015

SPORT JOGA MAL, MAS VENCE O CENTRAL PRO 1X0 NA ILHA DO RETIRO PELO PERNAMBUCANO 2015

Com informações do Blog do Torcedor -

Mais uma vez o Sport não fez uma boa apresentação na Ilha do Retiro. Sonolento no primeiro tempo e desesperado no segundo, o Leão só achou o gol da vitória aos 40 minutos do segundo tempo com Felipe Azevedo, que entrou no lugar de Joelinton ainda no intervalo. Assim o Rubro-Negro venceu o Central pelo placar mínimo, nesta quinta-feira, pela quinta rodada do Hexagonal do Título do Pernambucano. 

O Sport soma agora 15 pontos e aumentou a diferença para oito pontos,sobre o mesmo Central, mantendo cem por cento de aproveitamento. No próximo domingo as equipes voltam a se encontrar no Lacerdão.

O jogo

De quem se esperava muito mais uma vez não foi possível ver nada. O meia Diego Souza outra esteve apagado em campo e pouco fez a favor. Apenas no último minuto de jogo ele criou perigo para ao chutar bonito de perna esquerda no travessão de Beto.

O primeiro tempo foi de poucas oportunidades e um Sport preso na marcação adversária. Outra vez o principal jogador do time se escondeu no lado esquerdo do campo, o que o técnico Eduardo Baptista acredita que ele rende mais, opinião baseada nos tempos em que Diego brilhou pelo Vasco, em 2011 e 2012. Outro que também esteve mal no início foi Danilo, que arriscou nos lançamentos em profundidade e errou.

Como os homens de frente estavam bem marcados a parte defensiva então tomou as rédeas e tentou sair para o jogo. Faltou a Mancha, Rithely, Durval e Páscoa acertarem no último passe. As principais jogadas foram com o lateral-direito Vítor, em uma delas ele cortou bonito e chutou de esquerda, a bola desviou e saiu em escanteio. Escanteio foi justamente a jogada mais procurada pelo Leão no primeiro tempo.

Já o Central não se encolheu em seu campo defensivo e teve boa posse de bola e até chegou com perigo. Aos 12 minutos Jaílton fez boa jogada pela esquerda e cruzou rasteiro, Fabiano Tanque empurrou e a bola tocou na trave.Ciente da lentidão do time Eduardo Baptista voltou com duas mudanças – Joelinton e Danilo saíram para as entradas de Felipe Azevedo e Élber. O Sport ganhou em velocidade e criou logo duas chances, ambas em chutes de fora da área de Renê após jogada de Azevedo.

O Central não conseguiu manter o ritmo e controlar a bola. Assim o time rubro-negro teve mais campo para trabalhar as jogadas e tentar abrir o placar. Eduardo Baptista fez a última mudança no time, colocando Régis no lugar de Mike. Justamente o camisa 10 perdeu a chance mais incrível do jogo.

Aos 21 Felipe Azevedo cabeceou para o meio, Régis entrou livre e da pequena linha escorou pra fora.  A Patativa começou a perceber que o empate era o melhor resultado e se fechou atrás. O Sport ainda teve duas chances com Élber, ambas parando no goleiro Beto. Dos 35 minutos até o fim o time da casa partiu para o abafa e conseguiu achar o gol. Aos 40 Felipe Azevedo tocou de direita no canto de Beto, e assim o contestado atacante salvou a noite rubro-negra.

Ficha de jogo

Sport: Magrão; Vítor, Ewerton Páscoa, Durval e Renê; Rithely, Rodrigo Mancha e Danilo (Élber); Diego Souza, Mike (Régis) e Joelinton (Felipe Azevedo). Técnico Eduardo Baptista.

Central: Beto; André Lima, Sinval e Everton (Mattia Binatti); Jucemar (Fernando Pires), Fabinho, Natan, Jaílton e Luiz Fernando; Candinho (Thiago Laranjeira) e Fabiano. Técnico: Laelson Lima.

Campeonato Pernambucano (5°rodada). Local: Estádio Lacerdão (Caruaru). Data: 26/02. Árbitro: Nielson Nogueira Dias. Assistentes: Charles Rosas Pires e Aldir Amorim Pereira. Cartões amarelo: Central – Fabiano, Fernando Pires, Everton. Gols: Felipe Azevedo (S) aos 40 minutos do 2°t. Público: 9.974. Renda: R$ 101.127.

Foto: JC Imagem

INDÚSTRIA DE ALIMENTOS ESCOLHE BELO JARDIM PARA IMPLANTAR UNIDADE E DEVE GERAR MAIS 100 EMPREGOS DIRETOS

Com informações do NO GIRO DA CIDADE -

No sentido contrário ao do País, a onde as oportunidades de empregos estão desaparecendo, o prefeito de Belo Jardim, João Mendonça, recebeu na manhã desta quinta-feira (26), representantes de uma indústria alimentícia que escolheu o município para expandir seu negócios e gerar empregos. 

Serão gerados nesta primeira etapa, no mínimo, 100 empregos diretos, segundo revelou o diretor-presidente da Indústria Alimentícia Popular LTDA – INAP, Sr. José Maria. Ao lado de outros diretores da empresa, eles acompanharam o prefeito durante visita as áreas disponíveis para a instalação do empreendimento no município.

De acordo com o prefeito João Mendonça, o objetivo inicial da INAP é implantar uma fábrica, iniciando com a produção de salgadinhos, e um Centro de Distribuição da empresa que tem sede em Arapiraca-AL, aonde produz, entre outros produtos, a goiabada Popular, extratos de tomate, pipocas, cocadas, geladinhos e molhos.

Histórico – Criada há 40 anos, a Indústria Alimentícia Popular possui hoje mais de 580 colaboradores espalhados nas unidades de produção e distribuição em Arapiraca (AL), Garanhuns (PE) e Propriá (SE), com pelo menos 56 promotores de vendas espalhados pelos estados de Pernambuco, Alagoas, Sergipe, Paraíba, Rio Grande do Norte e Bahia. Com uma logística arrojada, a INAP utiliza-se de uma frota de 40 caminhões para distribuir seus produtos por toda a região Nordeste.

DESEMBARGADOR DERRUBA DECISÃO QUE PEDIA BLOQUEIO DO WHATSAPP

Com informações do JC ONLINE - 

O desembargador Raimundo Nonato da Costa Alencar, do Tribunal de Justiça do Piauí, suspendeu nesta quinta-feira (26) uma decisão de um juiz do Estado que pedia a suspensão do WhatsApp no Brasil. A decisão foi tomada em razão de mandado de segurança impetrado por companhias de telecomunicações, a quem o magistrado havia ordenado o bloqueio do aplicativo de conversas.

A reportagem apurou que a decisão de Alencar favorece algumas teles, como GVT, Embratel e Claro, também entraram com mandados de segurança. Não está claro se todas as companhias citadas serão beneficiadas, mas a tendência é que futuras decisões sigam a mesma linha. O escritório de advocacia Opice Blum, que entrou com o mandado de segurança, não comentou o caso.

A ordem de suspensão do WhatsApp foi emitida pelo juiz Luiz Moura Correia, da Central de Inquéritos da Comarca de Teresina. Segundo Correia, o objetivo da ordem judicial, é forçar o WhatsApp a colaborar com investigações da polícia do Estado. O serviço de mensagens não estaria ajudando em investigações realizadas desde 2013 e que teriam relação com crimes ("graves", diz o juiz, mas sem especificá-los) contra crianças e adolescentes.

O magistrado afirma que a decisão de direcionar os pedidos às teles, e não à companhia americana, foi feita depois de o WhatsApp se negar a fornecer esse tipo de informação, supostamente alegando não ter de cumprir a lei brasileira por não ter escritório aqui.

Em nota divulgada na quarta-feira (25), o Sinditelebrasil, associação que representa as teles, julgou a medida "desproporcional", "já que, para conseguir informações de um número reduzido de pessoas, negadas pela proprietária do Whatsapp, decidiu-se suspender o serviço em todo o país". A instituição também afirma que as companhias "não têm nenhuma relação com o serviço".

O Facebook, que comprou o mensageiro no ano passado por US$ 19 bilhões, disse que não se pronunciaria porque as companhias atuam de modo separado. "A rede social não é legalmente responsável pelo serviço de mensagens", diz a advogada Gisele Arantes, especialista em direito digital. "No documento, elas são empresas independentes."

ESCOLAS DA REDE MUNICIPAL DE BELO JARDIM IRÃO VIVENCIAR, NESTA SEXTA (27), O PROJETO FAMÍLIA NA ESCOLA

Com informações do NO GIRO DA CIDADE -

A Secretaria Municipal de Educação, inicia nesta próxima sexta-feira (27), o Projeto “Família na Escola”, em todas as unidades de Ensino da Rede Municipal. O Projeto é parte integrante do plano de gestão da administração do município, e tem como meta incentivar a participação efetiva dos pais no processo educacional dos filhos na escola, e fortalecer o laço existente, entre família e escola. 

Os eventos realizados em cada unidade escolar, representam significativamente no processo de ensino e aprendizagem. Com uma programação bastante diversificada, o projeto tem: apresentações musicais e teatrais, dinâmicas, palestras educativas, apresentações dos trabalhos desenvolvidos pela equipe escolar da rede de ensino.

A Secretaria Municipal de Educação, reforça o convite aos Pais ou Responsáveis para que participem do Projeto Família na Escola, dirigindo-se a secretaria da escola em que seu filho (a), estuda e informando-se da programação!

A FALTA QUE NOS FAZ O APOIO DO PLANALTO FEDERAL

Com informações do Blog de Inaldo Sampaio -

Pernambuco nunca precisou tanto, como agora, da ajuda do governo federal para enfrentar os seus problemas, especialmente no sistema penitenciário, na saúde, na educação, nas estradas e nos recursos hídricos. Eles não são menos graves que no governo de Eduardo Campos, porém existe uma grande diferença entre as duas situações. No governo de Eduardo, havia um alinhamento total com o Palácio do Planalto. 

Ele contou, no primeiro governo, com respaldo absoluto do então presidente Lula, de quem havia sido ministro. E, no segundo, manteve o alinhamento com a presidente Dilma, tendo feito inclusive a indicação de Fernando Bezerra Coelho para o Ministério da Integração Nacional. Hoje, o governador Paulo Câmara não tem aliados no governo. E se por um lado é certo que não será retaliado pela presidente, também não é menos verdade que não contará com a boa vontade que existiu no governo do seu antecessor.

Pronto para colaborar

Humberto Costa (PT) colocou-se à disposição de Paulo Câmara para fazer a “ponte” entre o Governo de Pernambuco e o Palácio do Planalto. Menos mal para o governador, que vai enfrentar mais um ano de seca e precisa de recursos do governo federal para concluir as adutoras do Agreste e do Pajeú, e a barragem do Serro Azul. Se o senador sensibilizar Dilma para a importância dessas obras para Pernambuco, terá prestado ao Estado um enorme serviço.

Divisão – Na euforia da 1ª reunião da comissão especial da reforma política, decidiu-se que os assuntos seriam divididos em dois blocos. No 1º ficariam os menos complexos (fim do suplente de senador, mudança da data de posse do presidente, etc ) e, no 2º, os mais polêmicos (fim da reeleição, financiamento público de campanha, etc). E que se deveria votar tudo em 40 sessões.

Presente! – Notou-se a presença de um pernambucano no ato pró Petrobras que se realizou anteontem no RJ com Lula no comando: o advogado Felipe Santa Cruz, presidente da OAB-RJ.

Dúvida – O vereador André Régis (PSDB) pôs em dúvida os números oficiais do carnaval do Recife: 890 mil turistas e 91% de ocupação da rede hoteleira. Nem Nova York chegou a tanto, disse ele.

Liminar – É improvável que a OAB-PE consiga liminar na justiça estadual pelo afastamento de Guilherme Uchoa (PDT) da presidência da Alepe e de Eriberto Medeiros (PTC) da 4ª secretaria.

Infância – Ao estrear na tribuna da Assembleia, a deputada Simone Santana, do PSB, chamou a atenção para a importância de se cuidar da 1ª infância. Dados do BID afirmam, disse ela, que para cada dólar investido na 1ª infância outros 17 são economizados em educação corretiva.

Título – O deputado Clodoaldo Magalhães (PTB) propôs na Alepe a cidadania pernambucana para o médico catarinense (de Lages) Rodrigo Mezzalira Tchaick, coordenador do centro cirúrgico do Hospital Dom Hélder Câmara (Cabo) e membro da equipe de transplante cardíaco do Imip.

Clamor – À frente do DER-PE pela terceira vez, o engenheiro Carlos Estima está surpreso com a enxurrada de pedidos de deputados estaduais pela recuperação, pavimentação e duplicação de rodovias no interior do Estado. Calcula-se que só nesses primeiros 25 dias de funcionando da Assembleia Legislativa já foram aprovados mais de 100 requerimentos. Um bilhão seria pouco para atender a todos.

Vazão – Odacy Amorim (PT) está preocupado com a decisão do Operador Nacional do Sistema Elétrico (ONS) de reduzir a vazão da barragem de Sobradinho de 1 milhão de litros por segundo para 900 mil. Essa redução, disse ele, vai sacrificar ainda mais os pequenos irrigantes do vale do São Francisco. O deputado está esquecido de que a redução da vazão é para não comprometer a geração de energia.

SANTA CRUZ VIRA NO FIM E VENCE O NÁUTICO NA ARENA PERNAMBUCO PELO PE 2015

Com informações do Blog do Torcedor -

Betinho é daqueles centroavantes típicos que não desiste. E foi por isso que o Santa Cruz venceu o Náutico por 2×1, de virada, na noite desta quarta-feira (25), na Arena Pernambuco, pela quinta rodada do hexagonal do título do Campeonato Pernambucano. O camisa nove marcou o gol da vitória aos 42 minutos do segundo tempo, resultado que pôs o Santa Cruz em quarto lugar. O Náutico caiu para a quinta posição. Os dois times voltam a se enfrentar no próximo domingo (1/3) no mesmo local.

Com a corda mais apertada no pescoço que seu colega de profissão, Ricardinho adotou uma postura mais agressiva: mandou seus jogadores marcarem no campo do Náutico e tentou aproximar as linhas. Boa. O timbu sofreu para sair jogando durante boa parte do primeiro tempo, tanto que apelou várias vezes para a bola longa. Já os corais quando tomavam a bola do rival pareciam não saber o que fazer com ela, tantos eram os passes errados.

Nesse jogo de perde-perde, o instrumento de trabalho, a bola, sofreu um bocado ainda que no primeiro minuto, Waldison tenha carimbado a trave esquerda de Júlio César. Sempre há uma trave no caminho do Santa, que manteve a pressão até acertar três passes seguidos, o que só aconteceu aos 27. Raniel cruzou rasteiro da direita e Waldison passou lotado. Mas Biteco não. Quando ele dominou deixou a bola escapar um pouco mais, porém ainda conseguiu finalizar, mas David apareceu de carrinho quando a bola já passara por Júlio César.

O Náutico não quis ficar para trás e resolveu coordenar uma jogada com qualidade também. E foi bem parecida com a do Santa, só que pelo lado esquerdo. Aos 34, Patrick Vieira lançou Fillipe Soutto, que cruzou rasteiro para a marca do pênalti. Renato estava sozinho como Biteco estava sete minutos antes, mas concluiu melhor: no canto de Fred para fazer 1×0.

Mesmo com um volume de jogo bem menor que os corais, os alvirrubros estavam na frente. Por isso, o Santa resolveu fazer justiça com os próprios pés, embora Júlio César tenha ajudado com as mãos. Júlio César saiu meio desesperado para cortar um cruzamento. Biteco pegou o rebote e mandou para a área. Alemão bateu bonito de voleio para deixar tudo igual. E assim ficou até o fim da primeira etapa.

Os dois times voltaram para o segundo tempo marcando com um pouco mais de distância. Melhor para o Náutico, que teve mais posse de bola. Até o festival de passes errados teve um segundo ato mais discreto. Por isso os dois times finalizaram mais. Logo aos quatro, Danny Morais cabeceou raspando a trave esquerda depois de Biteco bater um escanteio.

A trave, que anda incomodando os tricolores desta vez aprontou para os alvirrubros. Aos oito minutos Bruno Alves engrenou a quinta marcha e cruzou rasteiro. Renato recebeu sozinho e tentou estufar a rede. Terminou bombardeando o travessão. Depois começaram as mudanças. Nininho e Emerson Santos entraram nos lugares de Moisés e Biteco, respectivamente. No Náutico, Jefferson Nem e João Paulo entraram nas vagas de Bruno Alves e Renato. Ricardinho mudou pela queda de rendimento de Biteco e uma dividida em que Moisés ficou sentindo. Já Moacir Júnior quis manter o sistema, porém com jogadores mais descansados.

Mesmo mudados os dois times mantiveram o rigoroso equilíbrio. Emerson Santos fez uma boa jogada pela esquerda e chegou a passar por Júlio César, em mais uma saída precipitada. Para sorte do goleiro do Náutico, o tricolor perdeu o equilíbrio na hora de cruzar para Betinho.

Na reta final da partida o cansaço imperou e as faltas reinaram. O jogo ficou mais cadenciado e nem as bolas paradas surtiam mais efeito. Parecia que o caminho seria o 1×1 até Betinho ser premiado pela insistência. Aos 42 minutos, depois dois impedimentos, um chute mascado e um par de passes errados, duas assistências contra o Central e três bolas na trave contra o Salgueiro, a bola rendeu-se ao camisa nove coral. Renatinho cruzou rasteiro e o centroavante tocou de leve, o suficiente para a bola entrar no canto esquerdo.

ÀS MOSCAS
Horário, logística, segurança, má fase. Tudo isso somado dá 4.626, as testemunhas do Clássico das Emoções, que nos tempos das vacas gordas chegou a colocar 76.000 pessoas. Para se ter uma ideia, o público para Serra Talhada 1×0 Salgueiro foi de 4.859.

ABENÇOADA CAMISA 7
Com a sete estavam Renato para o Náutico e Raniel para o Santa. Ambos oriundos da base dos dois clubes. E ambos mostrando que podem dar conta do recado sem precisar gastar fortuna com medalhões. Que tenham uma sequência maior. Ainda que pese o gol incrível perdido por Renato, ele foi vital para a produção ofensiva do time.

POUPANDO A VOZ
Normalmente, os técnicos tentam chamar a atenção de seus atletas para alguma orientação aos berros na beira do gramado. Para economizar um pouco a garganta, o técnico Moacir Júnior, bem mais agitado que Ricardinho, optou por um assobio alto e estridente.

Ficha do jogo:

Náutico: Júlio César; David, Elivelton, Diego e Gaston Filgueira; João Ananias, Fillipe Soutto, Patrick Vieira e Bruno Alves (Jefferson Nem); Renato (João Paulo) e Josimar. Técnico: Moacir Júnior.

Santa Cruz: Fred; Moisés (Nininho), Alemão, Danny Morais e Renatinho; Édson Sitta, Bileu, Raniel e Biteco (Emerson Santos); Waldison (Anderson Aquino) e Betinho. Técnico: Ricardinho.

Local: Arena Pernambuco. Árbitro: Gilberto Castro Junior. Auxiliares: Albert Junior e Marcelino Castro. Gols: Renato, aos 34; e Alemão, aos 42 do primeiro. Betinho, aos 42 do segundo. Cartões amarelos: João Ananias, Alemão, Danny Morais, Édson Sitta e Bileu. Público: 4.626. Renda: R$ 110.605.

Foto: JC Imagem

Share

Twitter Delicious Facebook Digg Stumbleupon Favorites More