VOCÊ FAZ O SUCESSO

VOCÊ FAZ O SUCESSO

WEB RÁDIO - NOVA XUCURU

terça-feira, 29 de julho de 2014

OITO PARLAMENTARES PERNAMBUCANOS INTEGRAM A LISTA DOS MAIS INFLUENTES DO CONGRESSO NACIONAL

Com informações do Blog de Inaldo Sampaio

O Departamento Intersindical de Assessoria Parlamentar divulgou ontem a relação dos “cabeças” do Congresso Nacional em 2014 e o Estado de Pernambuco integra a lista com dois senadores e seis deputados federais.

Divulgação
Os senadores são Armando Monteiro Neto (PTB) e Humberto Costa (PT), tendo ficado fora da lista o peemedebista Jarbas Vasconcelos.

Os deputados são Sílvio Costa (PSC), Fernando Ferro (PT), Bruno Araújo (PSDB), Inocêncio Oliveira (PR), Paulo Rubem Santiago (PDT), Mendonça Filho (DEM) e Eduardo da Fonte (PP).

O PT é quem mais tem mais deputados na lista dos mais influentes do Congresso Nacional: 27.

São eles: Alessandro Molon (RJ), Amauri Teixeira (BA), Arlindo Chinaglia (SP), Cândido Vaccarezza (SP), Carlos Zarattini (SP), Cláudio Puty (PA), Dr. Rosinha (PR), Fernando Ferro (PE), Henrique Fontana (RS), José Guimarães (CE), Magela (DF), Marco Maia (RS), Nélson Pellegrino (BA), Odair Cunha (MG), Paulo Teixeira (SP), Pepe Vargas (RS) e Vicentinho (SP).

O Partido dos Trabalhadores também entrou na lista com os nomes de 10 senadores, a saber: Delcídio Amaral (MS), Eduardo Suplicy (SP), Gleisi Hoffmann (PR), Humberto Costa (PE), Jorge Viana (AC), José Pimentel (CE), Lindberg Farias (RJ), Paulo Paim (RS),Wálter Pinheiro (BA) e Wellington Dias (PI).

CONTA DE LUZ PODE TER ALTA DE ATÉ 30% EM 2015, ESTIMAM CONSULTORIAS

Com informações do G1 -

As contas de luz podem ficar até 30% mais caras, em média, no próximo ano. A estimativa foi feita por consultorias e representantes do setor elétrico a pedido do G1: entre quatro consultados, as estimativas variaram de 20% a 30% de reajuste em 2015. A alta deve ocorrer dois anos após as medidas do governo para reduzir em cerca de 20% a fatura.

Foto: G1
“A gente não escapa de um aumento médio de 30% no ano que vem. Para os clientes de algumas distribuidoras, pode ser mais. Para os de outras, menos”, afirma Walfrido Avila, presidente da comercializadora independente de energia Trade Energy.

A sócia-diretora da consultoria PSR, especializada em energia elétrica e gás, Priscila Lino, estima alta semelhante, de 28%, em média, em 2015.
O aumento é superior ao de reajustes autorizados neste ano pela Agência Nacional de Energia Elétrica (Aneel) para a tarifa de algumas distribuidoras, entre elas a Celpe (17,75%), a Eletropaulo (18,66%) e a Copel (24,86%), e que já haviam chamado a atenção por serem elevados.
A alta, no entanto, não é a mesma para todos os consumidores – ela varia entre as distribuidoras. E vai depender de uma série de fatores – alguns poucos previsíveis –, como a quantidade de chuvas nos próximos meses (para recuperar os reservatórios das usinas), além dos gastos passados das distribuidoras com a compra de energia térmica e no mercado à vista, investimentos e ganho de produtividade.
Origem da alta
A falta de chuvas é uma das principais responsáveis pela elevação da tarifa esperada a partir do ano que vem. Por causa da redução dos níveis dos reservatórios das hidrelétricas, as distribuidoras tiveram de comprar energia das usinas térmicas, que é mais cara porque elas são movidas a combustíveis, como óleo, gás e biomassa.
Em geral, as distribuidoras compram energia das hidrelétricas em leilões mediados pelo governo. As empresas que não conseguiram neles toda a energia que precisavam tiveram de recorrer ao mercado à vista, no qual a venda é feita diretamente pelas geradoras, e o preço chegou a patamar recorde.
Segundo as regras do setor, tanto o custo extra com as térmicas quanto com a compra de energia no mercado à vista deveriam ser pagos pelas distribuidoras nesse primeiro momento. Depois, elas seriam compensadas por meio de reajustes que acontecem todos os anos. Mas as empresas alegaram não ter recursos suficientes, e o governo lançou um plano de socorro.
Ele se comprometeu a colocar R$ 13 bilhões no setor elétrico neste ano com recursos orçamentários, e já admite que o total de empréstimos bancários às empresas pode chegar a R$ 17,7 bilhões. Este valor para socorrer as distribuidoras será repassado às contas de luz de todos os brasileiros a partir de 2015.
Contas
A estimativa de reajuste em 2015 de Priscila Lino, da PSR, considera inflação de 6% no período e o início da transferência, para os consumidores, dos empréstimos bancários.

De acordo com ela, também entraram na conta a previsão de aumento de custos com nova compra de energia pelas distribuidoras (para substituir contratos que vencem neste ano), o pagamento de encargos do serviço de transmissão de energia, além do aumento esperado na participação dos consumidores no financiamento da CDE, fundo do governo que banca ações no setor elétrico.

Os 28% de aumento consideram ainda uma medida que ajuda a puxar o reajuste médio para baixo: a transferência que o governo fará para as distribuidoras, em forma de cotas, da energia de hidrelétricas cujas concessões vencem em 2015. Serão cerca de 5 mil megawatts (MW) que poderão ser fornecidos a preços bem menores.

Planejamento
Avila, da Trade Energy, estima que já chegam a R$ 64 bilhões os custos extras no setor elétrico, resultado da crise provocada pela queda no nível dos reservatórios das hidrelétricas desde o final de 2012. Se todo esse valor fosse repassado no ano que vem, o reajuste poderia ser maior. Mas a fatura deve ser dividida pelos próximos 4 anos.

Para ele, o governo vem gerenciando bem o problema no setor, já que o Brasil só não enfrentou um racionamento, como em 2001, porque o parque nacional de termelétricas hoje é muito maior e consegue suprir boa parte da energia que as hidrelétricas deixam de produzir quando chove pouco.

Segundo ele, porém, é preciso planejar melhor o setor. “Precisamos garantir combustível mais barato para as nossas termelétricas. Se isso já tivesse sido feito, essa conta que vamos ter que pagar não seria tão alta”, diz.

Avila ressalta que esse planejamento será ainda mais importante nos próximos anos, pois o modelo energético brasileiro prevê a dependência cada vez maior de usinas termelétricas. Isso se deve à decisão do governo de evitar a construção de hidrelétricas com grandes reservatórios, que provocam enorme impacto ambiental. Sem represas, porém, essas usinas não têm como armazenar energia na forma de água e não produzem nos períodos secos.

Alta poderia ser maior
Nas contas do Instituto Acende Brasil, que estuda o setor elétrico, a ação do governo para diluir e adiar o repasse aos consumidores dos custos extras do setor elétrico evitou que as contas de luz subissem 43% já neste ano.

“[A estimativa de 43% para reajuste em 2014] é um número chocante que justifica esse empenho do governo em diluir a conta pelos próximos anos”, diz o presidente do instituto, Claudio Sales. De acordo com ele, a alta média na tarifa de energia neste ano deve ser de 15%. Algumas distribuidoras, porém, tiveram aumentos maiores autorizados pela Aneel.

O Acende Brasil calcula que apenas o repasse do empréstimo bancário para socorrer as distribuidoras, que pode atingir R$ 17,7 bilhões, e da ajuda de R$ 10,6 bilhões dada pelo governo em 2013, via Tesouro, devem gerar um impacto, em média, de 11% nas contas de luz, diluídos ao longo dos próximos 3 anos.

Esse impacto, porém, sobe para 15%, também dividido em 3 anos, caso o governo não consiga repassar às distribuidoras os 5 mil MW de energia mais barata das hidrelétricas cujas concessões estão vencendo. Além de atrasos no processo, há expectativa de que pelo menos algumas das empresas recorram para ter a concessão renovada.

Incertezas
Analista do setor de energia na consultoria Tendências, Walter De Vitto aponta para aumentos médios de 20% nas contas de luz em 2015, variando até 25%. Ele afirma que há várias incertezas hoje no setor que dificultam uma previsão mais certeira para os reajustes.

Entre elas está a variação do dólar, que afeta parte do preço da energia consumida no país. Também não há como prever como serão as chuvas no próximo verão, que podem ou não recuperar o armazenamento de água nos principais reservatórios do país e vão ser decisivas para definir como as usinas termelétricas serão usadas ao longo de 2015.

Resposta do governo
O G1 procurou o Ministério de Minas e Energia que informou, por meio de sua assessoria, que “desconhece os estudos e não sabe quais premissas foram utilizadas” para se chegar às estimativas de alta na conta de luz. Informou ainda que “quem pode falar sobre tarifa é a Aneel”.

Procurada pelo G1, a Aneel afirmou que, diante da quantidade de variáveis presentes nos processos tarifários (reajustes e revisões), é prematuro fazer projeções de valores para 2015. E ressalta que, como cada distribuidora tem suas datas de movimentação tarifária vinculadas à assinatura do seu contrato de concessão, os próximos repasses acontecerão segundo o calendário disponível na página da agência (veja aqui) e por meio de aplicação da metodologia e das condições vigentes nessas datas.

Nesta terça-feira (29), no entanto, o diretor-geral da Aneel, Romeu Rufino, disse que o novo empréstimo às distribuidoras deve impactar as contas de luz em oito pontos percentuais a partir do próximo ano. Não se sabe, no entanto, qual será o valor final dos reajustes, devido às muitas outras variáveis que fazem parte do processo de cálculo.

MAIOR PARTE DOS ELEITORES BRASILEIROS TEM ENSINO FUNDAMENTAL INCOMPLETO, DIZ TSE

Com informações da Agência Brasil -

O Tribunal Superior Eleitoral (TSE) divulgou hoje (29) o perfil dos 142,8 milhões eleitores aptos a votar nas eleições de outubro. Segundo os dados, a maioria do eleitorado tem ensino fundamental incompleto, faixa que representa 30,2% (43,1 milhões). Em comparação a pleitos anteriores, o número ficou estável.

O levantamento também mostra que 12% dos eleitores (17,2 milhões) apenas leem e escrevem. Analfabetos somam 5% (7,3 milhões). O percentual de eleitores que não terminou o ensino médio é 19,2% (27,4 milhões). Em seguida, aparecem aqueles que conseguiram terminar essa etapa de ensino, 16,6 % (23,7 milhões). Somente 5,5% dos eleitores (7,9 milhões) concluíram curso superior. Na comparação com os dados das eleições de 2008, 2010 e 2012, os todos os números ficaram estáveis.

Nas regiões Centro-Oeste, Nordeste, Norte, Sudeste e Sul, o percentual de eleitores com ensino fundamental completo varia entre 28 % e 33%. A pesquisa é feita com é baseada nas informações que o eleitor presta à Justiça Eleitoral quando se cadastra para votar.

De acordo com os números divulgados hoje (29) pelo TSE, o eleitorado brasileiro cresceu 5,17% nos últimos quatro anos, saltando de 135.804.433 votantes, em 2010, para 142.822.046, aumento de cerca de 7 milhões.

TV JORNAL CARUARU ESTÁ DE VOLTA EM XUCURU NO CANAL 9

Com informações da Redação - 

No ar desde junho de 2007 em Xucuru de Belo Jardim, a TV JORNAL CARUARU, afiliada do SBT, para o interior de Pernambuco, ficou ausente, temporariamente, na localidade, pelo fato de uma mudança na antena da TV ASA BRANCA, também de Caruaru, afiliada da Rede GLOBO, que precisou modificar sua forma de transmissão no distrito, causando assim, automaticamente, a ausência da co-irmã da TV JORNAL, consequentemente.

Por quase duas semanas, o canal caruaruense, que funciona no número 9 do televisor, ficou fora doa ar, por conta dos motivos já aqui relatados, deixando os telespectadores tristes, pela falta dos programas regionais exibidos na emissora, como "O POVO NA TV" e o "SEM MEIAS PALAVRAS", além de outros disponibilizados pelo canal de grande audiência em todo o interior do estado.

Xucuru já foi destaque nos telejornais da TV JORNAL por várias vezes, com  reportagens de interesse da população local, divulgando a localidade para todo o Pernambuco. Então, pode sintonizar a sua Televisão no canal 9 e assista a TV JORNAL CARUARU, agora com novo som e ótima imagem, acompanhe os jornalísticos; TV JORNAL MANHÃ, TV JORNAL MEIO-DIA, O POVO NA TV, o policial; SEM MEIAS PALAVRAS, O TV JORNAL NOTÍCIAS, entre outros, os infantis, esportivos e sociais, em parceria com a TV JORNAL RECIFE, como o PLANTÃO 190 1ª Edição, INTERATIVO, HORA DA ALEGRIA, REPLAY e o SABOR DA GENTE, além da programação principal do SBT (Sistema Brasileiro de Televisão).

SUS PASSA A OFERECER VACINA CONTRA "HEPATITE A" PARA CRIANÇAS

Com informações do PORTAL DA SAÚDE -

O calendário básico de imunização da criança está sendo ampliado com a introdução da vacina contra a hepatite A, que passa a ser ofertada nos postos de saúde do país. A meta do Ministério da Saúde é imunizar 95% do público-alvo, cerca de três milhões de crianças - na faixa etária de um até dois anos incompletos - no período de 12 meses.  Com isso, o Brasil passa a oferecer, gratuitamente, 14 vacinas de rotina, garantindo todas as vacinas recomendadas pela Organização Mundial de Saúde (OMS). A introdução da nova vacina é uma das ações do Ministério da Saúde que marcam o Dia Mundial de Luta contra Hepatites Virais, celebrado em 28 de julho.

Reprodução
O objetivo é prevenir e controlar a hepatite A e, dessa forma, imunizar, gradativamente, toda a população. O esquema vacinal preconizado pelo Programa Nacional de Imunizações (PNI), do Ministério da Saúde, prevê uma dose única da vacina. Será feito o monitoramento da situação epidemiológica da doença, no país, para definir a inclusão ou não de uma segunda dose no calendário da criança. A Hepatite A é uma doença infecciosa aguda que atinge o fígado.

Para o início da vacinação, estados e municípios já receberam 1,2 milhão de doses. Outros lotes da vacina serão encaminhados, ainda este ano e no decorrer de 2015, para atender 100% do público-alvo. A data para início da vacinação será definida por cada estado. 

A vacina contra a hepatite A deve ser incorporada aos programas nacionais de imunização, na medida em que as condições de saneamento básico de um país começam a melhorar e o contato das pessoas com o vírus passa a ocorrer mais tarde, na fase adulta, propiciando o surgimento de mais casos da forma grave da doença. O Ministério da Saúde investiu R$ 111 milhões na compra de 5,6 milhões de doses neste ano.

Para o ministro da Saúde, Arthur Chioro, a introdução da vacina contra a hepatite A é um grande avanço para a melhoria da saúde da população. “A partir do momento em que podemos reduzir cerca de 65% dos casos sintomáticos desta doença e 59% dos óbitos, temos absoluta convicção quer é um investimento que vale a pena ", destacou o ministro. Ele ressaltou ainda que não se trata de uma vacina de campanha, e sim um imunobiológico que entrou na rotina, permanecendo no calendário básico da criança.

Já de acordo com o secretário de Vigilância em Saú1de do Ministério da Saúde, Jarbas Barbosa, a vacina contra hepatite A passa a ser uma importante ferramenta de prevenção da doença. “A vacina tomada na infância gera proteção para a vida inteira, e evita casos graves e óbitos causados pela doença”, explicou o secretário. Ele destacou ainda que o Brasil tem um dos mais completos calendários de vacinação do mundo.

As doses para o início da vacinação já foram enviadas para todas as secretarias estaduais de saúde, assim como os materiais instrucionais para a correta aplicação na população. A vacina contra a hepatite A é segura e praticamente isenta de reações, mas pode provocar vermelhidão e inchaço no local da aplicação.

PARCERIA - A introdução desta vacina foi possível mediante política adotada pelo governo brasileiro de fortalecer o complexo industrial da saúde, ampliando a capacidade de produção de vacinas no país. A tecnologia envolvida é resultado de acordo de transferência feito por meio de Parceria de Desenvolvimento Produtivo (PDP) entre o Ministério da Saúde e o laboratório produtor Merck Sharp & Dohme Farmacêutica, que vai transferir gradualmente para o laboratório público Instituto Butantan a tecnologia e a fórmula do princípio ativo deste imunobiológico. A transferência completa da tecnologia, com produção 100% nacional, está prevista para 2018.

Desde 2006 a taxa de incidência de hepatite A no Brasil tem apresentado tendência de queda, atingindo 3,2 casos para cada 100 mil habitantes em 2013. De 1999 a 2013, foram registrados 151.436 casos de hepatite A no Brasil. A maioria dos casos se concentra nas regiões Norte e Nordeste do país, que juntas, representam 55,8% (84.501) das confirmações neste período. As regiões Sudeste abrangem 16,4% (24.835); Sul 16,3% (24.684) e Centro-Oeste 11,6% (17.566) dos casos do país. Estima-se que com a vacina para hepatite A, ocorra uma queda de 64% dos casos ictéricos da doença e de 59% das mortes. Em decorrência do agravamento da doença foram registradas 761 mortes por Hepatite A em no período de 1999 a 2012.

SOBRE A DOENÇA - A hepatite A é habitualmente benigna e raramente apresenta uma forma grave (aguda e fulminante) que pode levar à hospitalização ou morte em 2% a 7% dos casos graves. De acordo com a Organização Mundial de Saúde (OMS), todos os anos ocorrem cerca de 1,4 milhão de casos da doença no mundo. No Brasil, estima-se que ocorram por ano 130 novos casos a cada 100 mil habitantes.

A principal forma de contágio da doença é a fecal-oral, por contato entre as pessoas infectadas ou por meio de água e alimentos contaminados. A estabilidade do vírus no meio ambiente e a grande quantidade de vírus presente nas fezes dos indivíduos infectados contribuem para a transmissão. A disseminação está relacionada com infraestrutura de saneamento básico e a aspectos ligados às condições de higiene. 

NÚMERO DE JOVENS CAI E DE IDOSOS AUMENTA NAS ELEIÇÕES DESTE ANO

Com informações da Agência Brasil -

Apesar de o eleitorado brasileiro ter crescido 5,17% nos últimos quatro anos, a participação dos jovens aptos a votar em 2014 será menor do que em 2010, informou hoje (29) o Tribunal Superior Eleitoral (TSE). Enquanto no último pleito geral os eleitores com 16 anos eram 900.807 (0,66%), no dia 5 de outubro, eles serão 480.044 (0,34%), uma redução de 420 mil eleitores.

Já o percentual de idosos aptos a votar cresceu no mesmo período. Em 2010, os eleitores com 60 anos ou mais eram 20.769.458 (15,29%). Este ano, 24.297.096 (17,01%) idosos estão em condições de votar.

Na faixa etária até 17 anos também houve redução do número de pessoas aptas a votar. Em 2010, 1.490.545 estavam aptas a participar das eleições. Este ano, 1.158.707 poderão votar – diferença de 331.838 eleitores.

Para o presidente do TSE, ministro Dias Tofolli, essa redução se deve, entre outros pontos, ao envelhecimento da população. Perguntado sobre a possibilidade de um desinteresse do eleitorado mais jovem em relação à política, o ministro disse que essa análise não é da responsabilidade do tribunal. “Isso quem tem responder são os pesquisadores e a imprensa”, limitou-se.

De acordo com o tribunal, o maior percentual de eleitores está na faixa etária de 25 a 34 anos. Ao todo, eles são 33.268.757 (23,29%). Em 2010, os eleitores nessa faixa etária eram 32.790.487 (24,15%). Os eleitores com idade entre 45 a 59 anos são 33.790.849 (23,66%). Nas ultimas eleições gerais, eles eram 30.753.427 (22,65%).

NOVO GOVERNADOR DE PERNAMBUCO DEVE MELHORAR INDICADORES SOCIAIS

Com informações da Agência Brasil -

Aumentar o tempo total de estudo da população, a renda familiar média e o acesso a serviços de saneamento básico e saúde são alguns dos desafios que o vencedor da disputa eleitoral pelo governo de Pernambuco terá que enfrentar.

Foto: LeiaJáImagens/Montagem
O Produto Interno Bruto (PIB) do estado, que é cerca de R$ 125 bilhões, vem crescendo acima da média brasileira. No entanto, os indicadores sociais reunidos pelo Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE) mostram que 1,7 milhão de famílias pernambucanas têm renda per capita de até meio salário mínimo por mês e estão inscritas no Cadastro Único de programas sociais do governo federal. Dessas, 1,1 milhão recebem o Bolsa Família para complementar a renda, um indicativo de que ainda precisam de ajuda governamental para não viver na miséria.

No que se refere à educação e trabalho, somente 10% dos jovens entre 15 e 29 anos estudam e trabalham; 39,9% deles só trabalham e 26,9% não estudam nem trabalham. Os números ajudam a explicar o alto índice de analfabetismo no estado:  20% das pessoas com 25 anos ou mais não têm instrução ou estudaram menos de um ano. Apenas 22,4% das pessoas a partir dessa idade estudaram 11 anos, tempo suficiente para concluírem o ensino médio; e 8,1% estudaram 15 anos, o suficiente para concluir o ensino superior.

Na saúde, o desafio do próximo governador de Pernambuco será fazer investimentos que se reflitam no aumento da expectativa de vida da população. Entre os homens, a esperança de vida ao nascer é 67,9 anos, enquanto a média brasileira é 71 anos. Entre as mulheres, a expectativa é 76,3 anos, ante a média nacional de 78,3 anos.

Ampliar o saneamento básico também está entre os desafios do vencedor das eleições de outubro no estado. Entre os domicílios urbanos pernambucanos que têm renda per capita familiar de até meio salário mínimo, 50% não têm acesso a saneamento adequado. Dos 185 municípios do estado, 22 não têm nenhum tipo de rede coletora de esgoto.

Em outubro, seis candidatos disputarão o comando do Poder Executivo estadual.  O empresário e senador Armando Monteiro (PTB) concorrerá ao governo pela primeira vez. Ele é o cabeça de chapa da coligação Pernambuco Vai Mais Longe, formada por PTB, PT, PSC, PDT, PRB, PTdoB. Terá como vice Paulo Rubem Santiago Ferreira. Antes de ser senador, Monteio foi deputado federal.

Jair Pedro (PSTU) disputa pela segunda vez o governo de Pernambuco. Sem coligação com outros partidos, ele terá como vice Kátia Maria da Silva Telles. Jair Pedro é do Recife e já foi candidato à prefeitura da capital em 2012 e à vice-prefeito em 2008.

Assim como ele, José Carlos Pantaleão da Silva (PCO) está se candidatando sem coligação. Servidor público, ele já foi candidato a vereador do Recife em 2008. A chapa do PCO tem Silvio Santos Pereira Lima como candidato a vice.

José Gomes (PSOL) assume a liderança da coligação Mobilização por Poder Popular, formada pelo PSOL e o PMN. A candidata a vice-governadora é Viviane Nascimento. Gomes já foi candidato a vice-prefeito em 2008 e a deputado federal em 2006.

O servidor público Miguel Anacleto (PCB) também será candidato sem coligação. Ele não participou das últimas eleições e terá como vice Délio Mendes Filho.

Paulo Câmara (PSB) será o candidato da maior coligação para o governo de Pernambuco. A aliança Frente Popular de Pernambuco é formada por PMDB, PCdoB, PSB, PTC, PRP, PV, PTN, PR, PSD, PPS, PSDB, SD, PPL, DEM, PHS, PSDC, PROS, PP, PEN, PRTB, PSL, além de seu partido, o PSB. Terá como vice Raul Jean Júnior.

EDUARDO CAMPOS DEFENDE CONSTRUÇÃO DE MORADIAS PARA COMBATER DESIGUALDADE SOCIAL

Com informações do JC ONLINE PE -

O candidato à Presidência da República, Eduardo Campos (PSB), inaugurou nesta segunda-feira (28), ao lado da candidata à vice, Marina Silva, comitê eleitoral na comunidade do Jardim Aliança, em Osasco, na Grande São Paulo.

Divulgação
Questionado sobre o que pretende fazer para combater a desigualdade social e facilitar o acesso à moradia digna, Eduardo Campos disse que seu plano de governo prevê a construção de 4 milhões de casas, além da reurbanização de áreas onde foram erguidas moradias e legalização da posse dos imóveis.

“Aqui percebemos, claramente, a falta de política habitacional no país, o quanto o novo urbanismo, que é um eixo central de nosso programa, é necessário”, disse, complementando que os locais onde vivem pessoas de baixa renda são formados “muitas vezes por pessoas fugindo do desemprego de regiões onde não tem uma dinâmica econômica “.

No local, onde foi inaugurado o comitê, mora o casal Edivaldo e Maria da Paixão, que cedeu a casa para a campanha do candidato, que fica situada à beira de um córrego de escoamento de esgoto.

Eduardo Campos voltou a criticar a atual taxa de inflação. “Nos últimos anos, o país parou de crescer, a inflação voltou e são movimentos que só fazem aumentar a exclusão”.

Sobre as enchentes, problema recorrente na região, o candidato afirmou que irá tratar por meio de um programa de prevenção de desastres.

Quanto à reivindicação por mais segurança, o candidato informou que pretende criar um pacto pela segurança pública, envolvendo os mais variados segmentos da sociedade, incluindo igrejas, escolas, o Ministério Público, o Judiciário, medidas de tratamento para dependentes químicos e uma ação para enfrentar o tráfico internacional de drogas.

segunda-feira, 28 de julho de 2014

CRISTO REDENTOR É ILUMINADO EM AZUL EM CAMPANHA CONTRA O TRÁFICO DE PESSOAS

Com informações da Agência Brasil -

O Cristo Redentor ganhou uma iluminação azul na noite de hoje (28), como forma de marcar a campanha Coração Azul, contra o tráfico de pessoas, desenvolvida pelo Escritório das Nações Unidas sobre Drogas e Crime (Unodc) em vários países.

Foto: Agência Brasil
Relatório lançado pelo governo brasileiro, com dados de 2012, mostra que 547 casos de tráfico de pessoas para trabalho análogo à escravidão ou exploração sexual foram registrados pela Polícia Rodoviária Federal (PRF) em operações pelo país. O número é ainda maior, se forem consideradas outras bases de dados oficiais.

A campanha foi lançada no Cristo Redentor pelo ministro da Justiça, José Eduardo Cardozo, que ressaltou o aumento das notificações relativas aos delitos. “Isto mostra que está havendo uma conscientização maior de vítimas ou pessoas que sabem da existência desse crime, no desejo de informar às autoridades, o que tem permitido mais ações. Mas ainda há muito a fazer, pois sabemos que o universo de pessoas vítimas desse crime é muito maior, então precisamos nos esforçar e unir cada vez mais em relação a isso”, destacou Cardozo.

O ministro também ressaltou que é preciso aperfeiçoar a legislação penal sobre o tema. “Há projetos de lei que estão em curso no Congresso Nacional justamente para que nós possamos ter uma maior eficácia no enfrentamento desse crime.  Há um projeto que coloca a dimensão normativa do crime de maneira mais adequada. Não só em relação ao tráfico com fins de exploração sexual, mas também para outras formas, como remoções de órgãos, e todas as formas que temos de tráfico”, explicou.

O secretário nacional de Justiça, Paulo Abrão, também participou da solenidade e ressaltou que uma das conquistas no combate ao tráfico de pessoas foi a redução no número de crianças e adolescentes vítimas. “Elas representavam 60% das vítimas. Hoje são 40% das mulheres entre 10 e 29 anos de idade, sem escolaridade, de cor negra e pobres, que representam a maioria das vítimas do tráfico de pessoas para fins de exploração sexual”, disse.

Segundo Abrão, além do aliciamento sexual, há o tráfico para remoção de órgãos, a adoção internacional, o aliciamento de meninos para jogar futebol no exterior e de meninas para trabalhar como modelos. O Cristo Redentor ficará iluminado de azul até a próxima quarta-feira (30).

Em outras capitais do país também haverá eventos alusivos ao tema. Em Belo Horizonte,  o Obelisco da Praça Sete e o Edifício Bemge receberão iluminação especial. Em Fortaleza, o prédio iluminado será o da Procuradoria Federal do Ministério Público. O relatório completo e a programação da semana de mobilização da campanha podem ser acessados na página do Ministério da Justiça.

PRESO SUSPEITO DE MATAR FILHO RECÉM-NASCIDO COM UM SOCO EM PANELAS, PE

Com informações do G1 CARUARU

Foi preso nesta segunda-feira (28), um homem de 49 anos suspeito de ter matado com um soco o próprio filho, um bebê de um mês e 24 dias de vida. A agressão teria ocorrido no Distrito de Cruzes, zona rural de Panelas, no Agreste de Pernambuco, na noite de sexta-feira (25). De acordo com a Polícia Civil, o agressor foi encaminhado ao Presídio Dr. Rorenildo da Rocha Leão (PRRL), em Palmares, na Mata Sul.

Também segundo a polícia, o pai do recém-nascido teria entrado em casa alcoolizado. Por causa disso, a esposa o insultou e pediu para que ele saísse do imóvel. O homem teria começado uma discussão com a mulher e, no momento que foi agredi-la, acabou acertando o rosto do bebê com um soco. O menino estava no colo da mãe. Além da vítima, o casal têm uma menina de 11 anos e dois meninos, sendo um de 5 anos e outro de um ano.

A polícia informou ainda que somente na manhã de sábado (26) os pais deram conta que o filho não havia acordado e estava morto. O pai comprou um caixão e tentou enterrar a criança no cemitério do município, como não existia certidão de óbito o corpo não foi aceito. Ao levar a criança ao hospital local, o casal contou que o menino teria morrido após uma queda.

Ainda de acordo com a polícia, a unidade de saúde encaminhou o corpo para o Instituto de Medicina Legal (IML), em Caruaru, também no Agreste. No Instituto, um policial desconfiou da versão contada pela mãe e acionou a Polícia Civil. Ao chegar ao local, a equipe da Força Tarefa da Divisão de Homicídios de Caruaru percebeu que o hematoma no rosto do menor teria aparência de agressão.

Depois da constatação preliminar, os policiais foram até a casa da madrinha de um dos filhos do casal e encontrou a menina de 11 anos que havia presenciado a discussão. A garota contou à polícia como ocorreu a briga entre os pais e relatou que em meio ao conflito o pai tinha acertado o rosto do filho.

A equipe da Polícia Civil localizou o suspeito na madrugada desta segunda-feira. Ele foi encaminhado à Delegacia de Homicídios, em Caruaru, onde confessou o crime, recebeu voz de prisão e em seguida foi levado para a unidade prisional, em Palmares. O corpo do bebê permanecia no IML, nesta segunda, para que fosse necropsiado e posteriormente entregue aos familiares.

SÃO BENTO DO UNA, PE, SEDIA 17ª CORRIDA DA GALINHA A PARTIR DESTA SEGUNDA (28)

Com informações do G1 CARUARU

Começou nesta segunda-feira (28), a partir das 19h30, a 17ª edição da Corrida da Galinha em São Bento do Una, no Agreste de Pernambuco. De acordo com a assessoria de imprensa da prefeitura, o evento foi inspirado na fama do município como um dos principais produtores de ovos e frangos do Nordeste. O tema deste ano é: “Depois da Copa tem a canja da galinha”.

Para esta edição, que segue até 3 de agosto, estão programados shows de Aline Rosa, Gabriel Diniz, Luan e Forró Estilizado, entre outros. O evento contará também com atividades culturais e a tradicional competição de aves. A expectativa dos organizadores é receber 50 mil visitantes por dia durante a festividade. É esperada a geração de mais de dois mil empregos diretos e indiretos.

Ainda segundo a assessoria, além da corrida, outras competições farão parte da programação do evento, a exemplo do “Ovo ao Alvo”, “Segura nos Trinta”, “Coma seu Frango”, “Engula o Ovo”, “Canto do Galo”, “Cocoricó da Galinha e Penas” e “Plumas e Paetês”.  Os interessados em participar das disputas poderão realizar as inscrições gratuitamente no Galinhódromo da festa. Um dos idealizadores da Corrida, Marco Valença, observa a evolução da competição. “O evento vem crescendo a cada edição e a disputa atrai diversos competidores que se deslocam para a cidade atraídos pelo clima festivo e descontraído das brincadeiras”, ressaltou por meio da assessoria.

Durante a 17ª edição da Corrida haverá ainda diversas ações culturais e educativas. No “Terreiro de Palestras", ocorrerão oficinas e apresentações de projetos de cultura. Artistas locais também poderão se apresentar no espaço. A festa contará ainda com um polo gastronômico, que ficará localizado ao lado do Galinhódromo. A programação completa pode ser conferida neste link.

ITEP ABRE 175 VAGAS EM CURSOS DE NÍVEL MÉDIO

Com informações do JC ONLINE PE -

O Instituto de Tecnologia de Pernambuco (Itep) lançou um novo processo seletivo para o preenchimento de 175 vagas em cursos técnicos de nível médio, oferecidos em quatro Centros Tecnológicos (CTs) do Estado, geridos pelo Itep. As inscrições poderão ser feitas a partir de hoje (dia 28 de julho) até o dia 8 de agosto, presencialmente nas sedes dos CTs, nos municípios do Recife, em Caruaru, em Garanhuns e em Araripina. O valor da taxa de inscrição é de R$ 24,00, a ser paga na rede bancária até o dia 11 de agosto. As provas serão realizadas no dia 17 de agosto. O edital está disponível no site do Itep (www.itep.br).

Podem se candidatar estudantes que estejam cursando a 2ª ou 3ª série do Ensino Médio ou ter concluído o Ensino Médio, para o ingresso nos cursos técnicos de nível médio, na forma concomitante ou subseqüente, respectivamente. Os candidatos que têm interesse em solicitar a isenção da inscrição devem indicar no formulário de inscrição o número do Cadastro Único para Programas Sociais e seguir o indicado no edital.

No Centro Tecnológico da Cultura Digital (CTCD), em Peixinhos, no Recife, são oferecidas 20 vagas do curso de Comunicação Visual, sendo dez para o turno da manhã e dez para o turno da noite. No Centro Tecnológico do Agreste (CT Moda), em Caruaru, serão oferecidas 70 vagas, sendo 45 para o curso de Química (35 para o turno da tarde e dez para a turma da noite) e 25 vagas para o curso de Modelagem do Vestuário, no horário noturno.

Já o Centro Tecnológico Instituto de Laticínios do Agreste (CT LAT) oferece 15 vagas no curso de Alimentos, no horário da manhã. No Centro Tecnológico do Araripe, em Araripina, são oferecidos os cursos de Química (35 vagas no horário da tarde) e Eletroeletrônica, também 35 vagas no horário da tarde.

PROVA – A prova escrita objetiva será constituída das disciplinas de Língua Portuguesa e Matemática, cujos conteúdos programáticos estão contidos no edital. Serão 40 questões objetivas de múltipla escolha. A prova terá duração de três horas, sendo aplicada no dia 17 de agosto, das 14h às 17h. O resultado da prova objetiva será divulgado no dia 22 de agosto, no site do Itep, mediante publicação da relação nominal de candidatos com a nota respectiva. O dia das matrículas será divulgado no mesmo dia 22 de agosto. O início previsto das aulas é 1º de setembro.

Inscrições e mais informações:
Centro Tecnológico de Cultura Digital – CTCD, localizado a Av. Jardim Brasília, s/n, Bloco F, Bairro Peixinhos, Recife – PE, das 8h às 12h, 13h às 17h e das 19h às 21h.

Centro Tecnológico Instituto de Laticínios do Agreste – CT LAT, localizado a Av. Bom Pastor, s/n, Bairro Mundaú, Garanhuns – PE, das 8h às 12h e das 13h às 17h.

Centro Tecnológico do Agreste – Unidade Caruaru – CT MODA, localizado a Av. Dalton Santos, 319, Bairro São Francisco, Caruaru – PE, das 8h às 12h, 13h às 17h e das 19h às 21h.

Centro Tecnológico do Araripe – CTA, localizado a Rua Antônio Alexandre Alves, 112, Bairro Vila Santa Isabel, Araripina – PE, das 8h às 12h, 13h às 17h e das 19h às 21h.

BRASIL É DUPLAMENTE CAMPEÃO NO HANDEBOL DE AREIA

Com informações da FOLHA PE -

Foi suado, sofrido, mas com a cara da seleção brasileira. Confirmando a hegemonia mundial e jogando diante do seu torcedor, o Brasil conquistou, ontem, a IV edição do Campeonato Mundial de Beach Handball, que foi disputado na Praia do Pina, na Zona Sul do Recife.

Handebol feminino venceu a Hungria
A equipe masculina derrotou a Croácia por 2 sets a 1, enquanto as meninas superaram a Hungria, por 2 sets a 0. Com os títulos, o time verde e amarelo se consolida como o maior campeão do torneio com sete troféus - quatro no masculino e três no feminino - em seis edições do certame.

No primeiro duelo do dia, a seleção feminina colocou à prova o seu favoritismo. Classificando-se à final de forma invicta e defendendo o retrospecto de ter perdido apenas um set durante todo o campeonato, o Brasil teve dificuldades, mas conseguiu vencer Hungria, com parciais de 20/14 e 12/10, se sagrando tricampeão do mundo.

No primeiro tempo, as comandadas de Rossana Marques até tentaram impor o ritmo do seu ataque - o melhor da competição com 196 gols - porém acabaram esbarrando na forte defesa europeia.

O desfecho do período só foi definido nos minutos finais, quando a pivô Renata desequilibrou com jogadas individuais, dando ao Brasil a vantagem para o intervalo, 20 x 14. No retorno para o segundo set, o cenário não foi diferente.

 Apesar de ter ficado à frente do placar nos primeiros cinco minutos, as brasileiras abusaram dos erros, deixando as húngaras empatarem. Na base do ponto a ponto, falou mais alto a força do conjunto e, faltando cinco segundos para o término do jogo, em jogada trabalhada pela ponta, Natalie Souza converteu para as donas da casa, dando o tricampeonato mundial ao Brasil.

Pela final masculina, também não faltou emoção. Em uma partida eletrizante, o Brasil derrotou a Croácia por 2 sets a 1 (20/23 e 26/20), com destaque para a atuação do goleiro Vareta, que defendeu dois ataques nos shoot outs.

ELEITORES QUE PEDIRAM TRANSFERÊNCIA PODEM PEGAR TÍTULO A PARTIR DESTA SEGUNDA-FEIRA

Com informações da Agência Brasil -

A partir desta segunda (28), os eleitores que pediram inscrição ou transferência podem ir buscar o título de eleitor no cartório eleitoral mais próximo de sua residência. O prazo final para que a Justiça Eleitoral estivesse com essa documentação pronta para entrega também terminou ontem (27).

Desde domingo, também estão disponíveis para consulta nos sites dos tribunais regionais eleitorais (TREs) os nomes das pessoas que comporão as Juntas Eleitorais. Esse órgão colegiado provisório é constituído por dois ou quatro cidadãos e um juiz de direito, que o presidirá e poderá nomear escrutinadores e auxiliares extras para os trabalhos.

Os nomes das pessoas indicadas para compor as juntas são publicados em tempo hábil para que qualquer partido político possa pedir a impugnação das indicações. Com a composição anunciada até 60 dias antes das eleições pelos Tribunais Regionais Eleitorais (TREs), as Juntas Eleitorais têm a obrigação de apurar, em até dez dias, as eleições feitas nas zonas eleitorais sob sua jurisdição, expedir os boletins de apuração e diplomar os eleitos para cargos municipais.

COMIDA ESTRAGADA TERIA CAUSADO MORTE DE DUAS CRIANÇAS EM CATENDE, PE; POLÍCIA INVESTIGA

Com informações do G1 CARUARU

A Polícia Civil investiga a morte de duas crianças no Engenho Limão em Catende, na Mata Sul de Pernambuco. Duas meninas - uma de sete anos e outra de um ano e seis meses - teriam ingerido macarrão instantâneo e leite, ambos estragados, segundo informações da polícia.

De acordo com um agente que foi até ao local, o avô do bebê e outro homem recolheram restos de comida em um lixão para dar às galinhas que a família cria. "Por falta de comida, o leite e o macarrão instantâneo foram cozidos para alimentar as crianças", explica.

Ainda de acordo com a polícia, a menina de sete anos morreu no local onde morava. O bebê foi levado para o Hospital Doutor Sílvio Magalhães, em Palmares, mas não resistiu. Outras cinco pessoas também passaram mal. O caso ocorreu no sábado (26). 

Os corpos foram encaminhados ao Instituto de Medicina Legal (IML) em Caruaru, no Agreste, e já foram liberados.

SENADOR CÁSSIO CUNHA LIMA LIDERA PESQUISA PARA O GOVERNO DA PARAÍBA

Com informações do Blog de Inaldo Sampaio - 

Pesquisa divulgada em João Pessoa, no final de semana, pelo jornal Correio da Paraíba, aponta o senador Cássio Cunha Lima (PSDB) liderando a corrida pelo Governo do Estado.

Reprodução
O tucano, que encabeça a coligação “A Vontade do Povo”, tem 45,5% das intenções de votos, ante 29,2% do governador e candidato à reeleição Ricardo Coutinho (PSB).

O terceiro colocado é o senador Vital do Rêgo Neto com 4,4% das intenções de voto.

A pesquisa foi encomendada ao Instituto Souza Lopes, ouviu 1500 pessoas entre os dias 19 e 22 de julho em 55 municípios paraibanos e foi registrada no Tribunal Regional Eleitoral no último dia 20 sob o protocolo PB-00013/2014.

A margem de erro da pesquisa é de 2,6 pontos percentuais para mais ou para menos e o intervalo de confiança é de 95%.

CONCORRÊNCIA PEQUENA E CHUVA DE CANDIDATOS PARA DEPUTADOS EM PE

Com informações do Blog de Inaldo Sampaio -

Dados do TSE revelam que Pernambuco é o Estado com o menor número de candidatos à Câmara Federal proporcionalmente ao número de vagas: 6,8. Em compensação, não há registro na história política do Estado de uma eleição com tantos candidatos fortes. 

Em que pese seis deputados não estarem disputando a reeleição (João Paulo, Paulo Rubem, Raul Henry, José Chaves, Inocêncio Oliveira e José Augusto), há 21 novos candidatos que em tese têm chance de ganhar. São eles: Felipe Carreras, Tadeu Alencar, João Fernando Coutinho, Marinaldo Rosendo, Creusa Pereira e Severino Ninho (PSB); Dilson Peixoto e João da Costa (PT); Zeca Cavalcanti, Ricardo Teobaldo e Adalberto Cavalcanti (PTB); Jarbas Vasconcelos (PMDB); Sebastião Oliveira (PR); Carlos Geraldo e Aldo Amaral (PRB); Betinho Gomes e Daniel Coelho (PSDB); Luciano Bivar e Arlindo Siqueira (PSL); Fernando Monteiro (PP) e Isabela de Roldão (PDT).

Sala reservada para a presidente

Antes de a presidente Dilma chegar ao Palácio das Princesas, quinta passada, para participar do velório de Ariano Suassuna, o governador João Lyra Neto mandou reservar uma sala para ficar à disposição dela. O espaço seria utilizado para eventual conversa com jornalistas, porém não foi necessário porque ela não falou com a imprensa. O bom para o Estado, até agora, é que a relação com o governo federal não se alterou após a ida de Eduardo Campos para a oposição.

Tradição – Duas mulheres de Araripina concorrem a um mandato de deputado estadual e ambas têm chance de vitória: Roberta Arraes (PSB) e Socorro Pimentel (PSL). Roberta é casada com o prefeito Alexandre Arraes e Socorro com o deputado Raimundo Pimentel (PSB). O município, historicamente, sempre teve um representante na Assembleia Legislativa desde a década de 50.

Comitês – O deputado Manoel Santos e o vereador Osmar Barreto, ambos do PT, inauguraram sábado (26) os seus comitês. Santos é candidato à reeleição, e Barreto a deputado estadual.

Federal – Rompido com o prefeito Bruno Martiniano (PTB), o vice de Gravatá, Rafael Prequé, filho do ex-prefeito Luiz Prequé, vai disputar uma vaga na Câmara Federal pelo PSB.

Retorno – O ex-deputado André Luís Farias (PP), o Alf, vai tentar o retorno à Assembleia Legislativa fazendo dobradinha em Olinda com o candidato a federal Fernando Monteiro (PP).

A perda – Izaías Régis, prefeito petebista de Garanhuns, perdeu sua vice, Rosa Quidute (PT), para Paulo Câmara (PSB) porque não quis apoiá-la para deputada estadual. Como não quer ninguém perto para fazer-lhe sombra, decidiu apoiar o vereador Zaqueu Nahum (PDT).

Teatro – O ex-vereador Dílson Peixoto (PT) escolheu o Teatro Boa Vista, ao lado do Colégio Salesiano, para fazer o lançamento de sua candidatura à Câmara Federal na próxima quarta-feira às 19h, com presenças de Armando Monteiro (PTB), Paulo Rubem (PDT) e João Paulo (PT).

Prestígio – Elias Lira (PSD), prefeito de Vitória pela quarta vez, levou Paulo Câmara (PSB), Raul Henry (PMDB) e Fernando Bezerra Coelho (PSB) para o lançamento da candidatura do filho, Joaquim (PSD), que é advogado, a deputado estadual. O evento, que ocorreu anteontem, reuniu cerca de três mil pessoas. André de Paula (PSD), que é o federal de Joaquim, também esteve lá.

Fator – Gonzaga Patriota (PSB) espalhou em Pernambuco que o fim do fator previdenciário era uma das promessas de campanha de Eduardo Campos. Mas foi prontamente desautorizado pelo ex-deputado Maurício Rands, que coordena o programa de governo do candidato. A extinção desse mecanismo, criado no governo FHC, agradaria aos aposentados, mas aumentaria o déficit da previdência.

domingo, 27 de julho de 2014

BRASILEIRÃO 2014: GOIÁS VENCE O SÃO PAULO NA VOLTA DE KAKÁ AO TRICOLOR PAULISTA

Com informações do Globoesporte.com -

O Goiás havia conquistado apenas três dos últimos 12 pontos disputados. Não fazia gols há quatro partidas. A reação sonhada pela torcida teve início neste domingo com a justa vitória por 2 a 1 sobre um São Paulo que, mesmo com a estreia de Kaká, cometeu muitas falhas defensivas e sofreu seu segundo tropeço consecutivo no Campeonato Brasileiro. O camisa 8 teve boa estreia, atuou os 90 minutos e, de pé esquerdo, fez o único do gol do time comandado por Muricy Ramalho.

Kaká sofre com a forte marcação na partida
deste domingo  (Foto: Agência Estado)
Amaral e Bruno Mineiro deram a vitória aos esmeraldinos, que voltaram a subir na tabela de classificação. Com 20 pontos, o Goiás é o sétimo colocado, duas posições à frente do São Paulo, que vinha de derrota para a Chapecoense no Morumbi.

Pelo Brasileirão, as duas equipes voltarão a campo no próximo fim de semana. No sábado, o São Paulo receberá a visita do Criciúma, às 18h30, no Morumbi. No dia seguinte, no mesmo horário, o Goiás vai ao Rio de Janeiro enfrentar o Fluminense, no Maracanã. A equipe paulista, no entanto, jogará ainda na quarta-feira, quando enfrenta o Bragantino pela Copa do Brasil, no estádio Santa Cruz, em Ribeirão Preto.

Kaká busca jogo, mas Goiás abre o placar

O primeiro tempo foi ruim tecnicamente, com São Paulo e Goiás numa crise de criatividade. O Tricolor teve a iniciativa, viu Kaká se movimentar bastante, mas contou com uma atuação ruim dos principais jogadores. Nem mesmo os gritos do técnico Muricy Ramalho fizeram a equipe melhorar.

O Esmeraldino, que começou preocupado apenas com a marcação, começou a adiantar seu meio-campo e, na única chance que teve, abriu o marcador com Amaral, de cabeça, após cruzamento de David. O São Paulo teve sua única oportunidade um chute de Kaká que saiu à direita de Renan.

Um ataque, segundo gol

No segundo tempo, o Goiás aumentou a vantagem logo no primeiro ataque: Bruno Mineiro aproveitou vacilo de Rafael Toloi e fez 2 a 0. Com desvantagem ainda maior, Muricy tentou de tudo. Colocou mais atacantes, mexeu no meio-campo, orientou, gritou, reclamou. Nada adiantou. Kaká, aos 31, diminuiu a vantagem da equipe, que só teve mais uma chance com Alan Kardec. Renan fez boa defesa. No fim, o Goiás soube se defender e saiu de campo comemorando a justa vitória.

TIMÃO VENCE O PALMEIRAS E FAZ VERDÃO SE DISTANCIAR NA TABELA DO BRASILEIRÃO

Com informações do Globoesporte.com

Cada vez mais acostumado à nova casa, o Corinthians joga em sua Arena com a maior naturalidade. Nem mesmo o maior rival causa temor à consciente equipe treinada por Mano Menezes. No primeiro clássico da história do estádio alvinegro, o Timão venceu o Palmeiras por 2 a 0, neste domingo, retomou a vice-liderança do Campeonato Brasileiro e prejudicou um pouco mais o rival na tabela, que esta em 12º. Guerrero e Petros, ambos no segundo tempo, foram os responsáveis pelos gols.

Palmeirenses tentam parar Romero. Verdão
não foi bem (Foto: Globoesporte.com)
Foi a terceira vitória seguida no Corinthians em sua Arena, onde está 100% depois da Copa do Mundo. Com mais recursos técnicos do que o Palmeiras, o time de Mano tomou as rédeas do jogo, superou um primeiro tempo truncado e deslanchou no segundo graças a Elias, autor das duas assistências que originaram os gols corintianos. Com 23 pontos, o Timão está a cinco do líder Cruzeiro.

O Palmeiras de Ricardo Gareca é organizado taticamente, mas seus jogadores têm deficiências. Quando levou o primeiro gol, o time não soube reagir. Do banco, Gareca propôs soluções, abriu seus atacantes, mas as chances não apareceram. O time alviverde continua com 13 pontos na tabela, mais longe dos primeiros colocados, mais perto dos últimos.

Duro de ver

O clássico que prometia ser quente acabou proporcionando, provavelmente, os 45 minutos mais chatos na breve história da Arena Corinthians. O Dérbi teve paz antes do jogo, com chegadas tranquilas dos torcedores do Palmeiras - maior preocupação do dia. Em campo, porém, os times não corresponderam às expectativas. O Timão tocou, tocou, tocou e não conseguiu achar brechas na defesa do Verdão, que se limitou a explorar os contra-ataques.

A escalação proposta por Ricardo Gareca indicava um Palmeiras mais ofensivo, mas Felipe Menezes, Mendieta, Mouche e Henrique viraram mais quatro defensores, que voltavam para dobrar a marcação nos principais corintianos – Renato Augusto, Romero e Guerrero tiveram pouquíssimo espaço. As laterais ficaram abertas, mas Fagner e Fábio Santos erraram muito. Do outro lado, Cássio era mero espectador. O Palmeiras teve apenas uma finalização no primeiro tempo.

O Corinthians tentou propor o jogo e trocou mais passes. Chances, mesmo, só criou no fim. Um chute de Renato Augusto, outro de Guerrero e uma cabeçada de Gil assustaram o goleiro Fábio. O árbitro Sandro Meira Ricci colaborou para amarrar a partida: foram 25 faltas marcadas, grande parte delas em lances leves. O jogo travado irritou os dois lados. A torcida, também ressabiada, não reclamou do fim da primeira etapa.

Elias, o garçom

O Corinthians entendeu que precisava de mais peças no ataque e fez isso sem precisar realizar substituições. Bastava acionar Elias, que ainda retoma seu ritmo depois de seis meses sem atuar. Na primeira chegada mais forte ao ataque, ele expôs as deficiências da zaga palmeirense e incendiou a Arena. Um drible de corpo foi suficiente para Elias tirar Tobio da jogada e dar a bola nos pés de Guerrero. O peruano fez 1 a 0 para o time da casa.

A Arena explodiu, e o Palmeiras sentiu o gol. Se a bola já parecia pesada, ficou mais ainda quando o Verdão tentou atacar com ligações diretas entre defesa e ataque. Mendieta foi substituído por Leandro, deixando o meio-campo ainda mais deserto. Cássio, mais uma vez, teve pouco trabalho na meta do Corinthians. Apenas Mouche, voluntarioso, tentou fazer tudo sozinho pelo lado direito. Em vão. Aos 46, Elias, mais uma vez, entrou pelo meio e tocou para Petros, que bateu cruzado, da direita. A bola bateu na trave, nas costas de Fábio e entrou.

O clássico serviu para mostrar a atual diferença técnica entre as duas equipes, igualmente bem organizadas por Mano Menezes e Ricardo Gareca. Mano tem talentos à sua disposição e resolveu o jogo a seu favor numa jogada individual de sua peça-chave: Elias. Gareca tem bem menos material para trabalhar. Vai precisar tirar o máximo de seus jogadores para fazer o Verdão subir na tabela do Brasileiro.

SPORT VENCE O ATLÉTICO-MG E ENCOSTA NO G-4 DO BRASILEIRÃO

Com informações do Globoesporte.com -

Vestido de encarnado e preto, o bando dos pernambucanos, comandado por Severino de Aracaju (personagem do Auto da Compadecida trazido pelo zagueiro Durval na camisa), não se intimidou com a força da volante mineira e impôs uma derrota categórica aos forasteiros. Essa seria uma forma de Ariano Suassuna contar a história da vitória do Sport por 2 a 1, sobre o Atlético-MG, neste domingo, na Ilha do Retiro. 

Felipe Azevedo e Durval garantiram a vitória
para o Sport (Foto: Pernambuco Press)
Com os nomes de personagens dos seus livros às costas, os jogadores rubro-negros prestaram a maior homenagem que o escritor poderia receber. Venceram. Sem Ronaldinho Gaúcho, que deve ter seu futuro decidido na terça-feira, o Galo foi presa fácil e amargou sua terceira partida sem vencer na Série A.

O Sport chegou ao quinto jogo sem derrota, foi a 21 pontos e subiu para a quinta colocação. A equipe mineira, com 15 pontos, é a 11ª na tabela. Os gols saíram todos no segundo tempo. Felipe Azevedo aos 5 e Durval, aos 23. Tardelli descontou de pênalti, aos 39.

As duas equipes voltam a campo no próximo domingo, pela 13ª rodada do Brasileirão. O Leão encara o Figueirense, às 16h, no Orlando Scarpelli, enquanto o Galo recebe o Atlético-PB, às 18h30, no Independência.

Sobrou vontade, faltaram gols

O Atlético-MG vinha de uma decisão dura da Recopa, mas quem parecia estar cansado era o Sport, dono da casa. Com dois titulares suspensos, Eduardo Baptista mudou a formação do time e acabou vendo o Galo, mesmo sem Ronaldinho Gaúcho, criar mais oportunidades nos minutos iniciais. Diego Tardelli e Jô até chegaram a incomodar, mas pararam em Magrão. O Leão, com Neto Baiano apagado, só acordou na reta final e até teve uma chance clara de abrir o placar, desperdiçada por Zé Mário, que foi bastante criticado pela torcida.

Enfim, a rede balança

Dispostos a saírem de casa com a vitória, os jogadores do Sport voltaram para o segundo tempo lutando por todos os metros do campo. Se na técnica não conseguiam sobrepor o adversário, os pernambucanos buscaram o resultado na base da força. Foi assim que Felipe Azevedo abriu o placar aos cinco minutos, após belo passe de Durval. Com o nome de Severino de Aracaju, o cangaceiro do Auto da Compadecida às costas, o camisa 4 usou toda a truculência para invadir a área do Galo e ampliar aos 23. 

Mesmo sem criar muitas chances, o Galo conseguiu diminuir com Diego Tardelli, de pênalti, aos 39. O time mineiro ainda pressionou no final, mas não conseguiu mudar o placar.

Share

Twitter Delicious Facebook Digg Stumbleupon Favorites More